Tag: IMPOSTO DE RENDA

INSS vai acabar com modelo tradicional de atendimento; Veja o que muda

INSS vai acabar com modelo tradicional de atendimento; Veja o que muda

Destaques, Fique Sabendo
O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) anunciou que está dando os primeiros passos para acabar com o modelo tradicional de atendimento e serviços, em que o segurado precisa agendar uma ida ao INSS para levar documentos e fazer o pedido do benefício. A partir do próximo dia 21, o segurado poderá acessar o "Meu INSS" através do site ou ligar para o telefone 135 e, ao invés de agendar uma data para ser atendido, o cidadão receberá direto o número do protocolo de requerimento, eliminando a etapa do agendamento. Feito o pedido, o cidadão consegue acompanhar o andamento pelo site ou pelo telefone e, somente se necessário, será chamado para ir à agência. De acordo com o instituto, a medida vale inicialmente para os benefícios de Salário Maternidade e Aposentadoria por Idade urbanos. O
Declaração de Imposto de Renda fora do prazo requer atenção

Declaração de Imposto de Renda fora do prazo requer atenção

Destaques, Fique Sabendo
Quem não entregou a declaração do Imposto de Renda (IR) 2018 (ano-base 2017) no prazo pode enviar o documento com atraso desde quarta-feira passada, mas está sujeito a multa. A penalidade mínima é de R$ 165,74, e a máxima chega a 20% sobre o tributo a pagar. Não é preciso baixar um novo programa para enviar a declaração fora do prazo. Quando a prestação de contas é feita, o próprio sistema gera automaticamente a guia para pagamento do tributo já considerando a multa. Cursos da área fiscal 100% online à partir de R$ 18,32 por mês, clique e conheça! Neste ano, a Receita Federal recebeu 29.269.987 declarações, acima da expectativa de 28,8 milhões do Fisco. O pagamento das restituições começa em 15 de junho e vai até 17 de dezembro, em sete lotes mensais. Quanto antes o contribuinte decla
Isenção e restituição de Imposto de Renda em razão de doença

Isenção e restituição de Imposto de Renda em razão de doença

CLT, Destaques
Muito se perguntam sobre a isenção do imposto de renda em rendimentos recebidos a título de aposentadoria e pensão por portadores de doença grave, neste breve texto vamos tratar das dúvidas mais comuns acerca do tema. Primeiramente, o aposentado ou pensionista, portador de doença grave, tem direito a isenção do imposto de renda? A resposta é SIM, entretanto, devemos analisar algumas peculiaridades. Cursos da área fiscal 100% online à partir de R$ 18,32 por mês, clique e conheça! O que podemos entender por doença grave, a Lei 7.713/88 com redação dada pela Lei 11.052/2004 elenca de forma taxativa quais as doenças que conferem o direito à dita isenção, são elas: tuberculose ativa, alienação mental, esclerose múltipla, neoplasia maligna, cegueira, hanseníase, paralisia irreversível e
Fique de olho: Calendário de Restituição do Imposto de Renda 2018

Fique de olho: Calendário de Restituição do Imposto de Renda 2018

Destaques, Fique Sabendo
Com o fim do prazo de entrega da Declaração Anual de Imposto de Renda, é hora de ficar de olho nos prazos para receber a restituição em 2018. Passado o período de entrega da Declaração Anual de Imposto de Renda, é chegada a hora para muitos de ficar de olho no calendário de restituição do Imposto de Renda 2018. Como acontece todos os anos, a restituição é feita em lotes, mês a mês. Cursos da área fiscal 100% online à partir de R$ 18,32 por mês, clique e conheça! Para 2018, a previsão é que as restituições começam a ser pagas a partir do dia 15 de junho. Estão previstos sete lotes no total, sendo que o último deles deve ter o pagamento realizado no dia 17 de dezembro 2018. Confira abaixo qual é o calendário de restituição do Imposto de Renda para este ano. Calendário de Restituição do I
Não entregou a declaração do Imposto de Renda? Saiba o que fazer

Não entregou a declaração do Imposto de Renda? Saiba o que fazer

Destaques, Fique Sabendo
Se você não apresentou a Declaração de Imposto de Renda – Pessoa Física (DIRPF), no  prazo previsto, está sujeito ao pagamento de multa por atraso, calculada da seguinte forma: Cursos da área fiscal 100% online à partir de R$ 18,32 por mês, clique e conheça! – existindo imposto devido, multa de 1% ao mês-calendário ou fração de atraso, incidente sobre o imposto devido, ainda que integralmente pago, observados os valores mínimo de R$ 165,74 e máximo de 20% do imposto devido; – inexistindo imposto devido, multa de R$ 165,74. A multa terá por termo inicial o primeiro dia subsequente ao fixado para a entrega da declaração e por termo final o mês da entrega ou, no caso de não-apresentação, do lançamento de ofício. Portanto, a recomendação é: entregue a declaração ainda este mês! Caso
Começa hoje envio de declarações do IR fora do prazo

Começa hoje envio de declarações do IR fora do prazo

Destaques, Fique Sabendo
Quem perdeu o prazo para enviar a Declaração do Imposto de Renda Pessoa Física poderá fazê-lo a partir das 8h de hoje (2). O contribuinte será multado em 1% do imposto devido por mês de atraso (limitado a 20% do imposto total) ou em R$ 165,74, prevalecendo o maior valor. Não será necessário baixar um novo programa. O sistema automaticamente gerará a guia para o pagamento do tributo, acrescido da multa. Neste ano, o total de contribuintes que enviaram a Declaração do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) foi 29.269.987, um crescimento de 1,63% em relação ao ano passado. O número superou a expectativa do Fisco de receber 28.800.000 declarações. Em 2017, 28.524.560 contribuintes haviam entregado o documento dentro do prazo. Restituições O pagamento das restituições começa em 15 de ju
Imposto de Renda 2018: Saiba quando será liberada restituição

Imposto de Renda 2018: Saiba quando será liberada restituição

Destaques, Fique Sabendo
Quem tem dinheiro a receber como restituição do Imposto de Renda só pensa quando terá acesso aos recursos. A primeira data será em 15 de junho, mas o primeiro lote tende a reunir apenas contribuintes com prioridade de recebimento — como idosos (pessoas com idade igual ou superior a 60 anos) e as pessoas com deficiência. O lote seguinte será pago em 16 de julho, e começa a reunir os demais contribuintes. O calendário de pagamentos de restituições do Imposto de Renda vai até dezembro. Segue o calendário: 1º lote - 15/06/2018 2º lote - 16/07/2018 3º lote - 15/08/2018 4º lote - 17/09/2018 5º lote - 15/10/2018 6º lote - 16/11/2018 7º lote - 17/12/2018 Via Pequenas Empresas Grandes Negócios
O que você precisa saber sobre o imposto de renda para empresas?

O que você precisa saber sobre o imposto de renda para empresas?

Destaques, Fique Sabendo
O imposto de renda para empresas é uma obrigação atribuída pela Receita Federal do Brasil — RFB às pessoas jurídicas. Geralmente, os jornais e a grande imprensa noticiam e falam bastante sobre a tributação para as pessoas físicas, deixando muitos empreendedores confusos a respeito do tipo de declaração que devem fazer. Para quem está iniciando a relação da empresa com o Leão, as dúvidas costumam ser mais frequentes. E mesmo aqueles que já estão acostumados com o procedimento podem ficar perdidos, pois a legislação é complexa e exige bastante atenção na hora de preencher formulários do Fisco. Apesar de parecer algo simples em um primeiro momento, esse tributo ainda gera confusão por parte dos contribuintes, especialmente os pequenos e médios empresários. Por isso, no artigo de hoje,
Problemas de última hora do Imposto de Renda de Pessoa Física, será que este imposto é justo?

Problemas de última hora do Imposto de Renda de Pessoa Física, será que este imposto é justo?

Destaques, Imposto de Renda
“Uma política do bem comum teria como um de seus principais objetivos a reconstrução da infraestrutura da vida cívica. Em vez de se voltar para a redistribuição de renda no intuito de ampliar o acesso ao consumo privado, ela cobraria impostos aos mais ricos para reconstruir as instituições e os serviços públicos, para que ricos e pobres pudessem usufruir deles igualmente.” (Michael L. Sandel, "Justiça”, Ed. Civilização Brasileira, Rio de Janeiro, 2011, pág.328). Muitos brasileiros estão neste fim de semana cumprindo o seu dever cívico de preencher e enviar sua declaração de rendimentos para a Receita Federal. Há quem critique nossa mania de deixar tudo para a última hora. Isso seria evitado se servidores do fisco cumprissem seu Código de Ética. Enquanto não cumprem, meus
Como calcular um salário em uma contratação?

Como calcular um salário em uma contratação?

CLT, Destaques
Está pensando em expandir o seu negócio? Então esse é o momento oportuno para contratar novos funcionários. Já que com o negócio prosperando em níveis satisfatórios gera uma demanda maior. Mas como calcular o salário numa contratação? Sair contratando funcionários sem fazer os cálculos para saber qual o custo que isso vai representar pode colocar a empresa em uma situação delicada. Muitos empreendedores não sabem ao certo quais os custos que uma nova contratação pode gerar para a sua empresa e, portanto, não sabem também como calcular o valor de um salário justo. Se não houver controle e planejamento, a folha de pagamento pode colocar em risco os negócios. Você deve elaborar uma análise certeira do momento atual da empresa antes de efetivar qualquer contratação de novos colaboradores
Atenção as novas cobranças do IRPF 2019

Atenção as novas cobranças do IRPF 2019

Destaques, Fique Sabendo
O prazo para a apresentação da declaração de imposto de renda de 2018 está chegando ao fim. No entanto, o Governo Federal já está pensando sobre quais serão as regras do próximo ano, e espera-se que o contribuinte apresente novas informações à Receita Federal (RFB) no IRPF de 2019. Esta informação foi publicada desde novembro de 2017 e parte dela começou a ser válida já este ano. No entanto, o ciclo de novidades deve ser concluído apenas para a declaração do ano seguinte em 2019. Vamos saber que informações extras serão cobradas e saber se você precisa se preparar para não ser surpreendido no próximo ano: 1. CPF dos dependentes A primeira mudança na quantidade de informação está relacionada aos dependentes. Até o ano passado, era obrigatório informar o CPF apenas dos que tinham 12 ano
Receita combate fraude em deduções do IRPF em Minas Gerais

Receita combate fraude em deduções do IRPF em Minas Gerais

Destaques, Fique Sabendo
O Escritório de Pesquisa e Investigação da Receita Federal em Minas Gerais investiga, desde 2017, fraudes nas deduções nas declarações de Imposto de Renda Pessoa Física. A ação tem por objetivo reprimir estas práticas que visam a obtenção de restituições indevidas por meio de deduções (despesas médicas, instruções, pensão alimentícia, empregada doméstica, entre outros) supostamente inexistentes. A investigação começou por meio de denúncia de que algumas pessoas estavam transmitindo declarações com deduções fraudulentas. O esquema detectado pela Receita Federal, iniciava-se com a transmissão de Declarações do Imposto de Renda Pessoa Física (DIRPF) com supostas deduções indevidas realizada por este grupo de pessoas. A partir daí, constatou-se que o universo de declarações transmitidas com
Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.