Tag: menor

Como tirar o CPF do dependente menor

Como tirar o CPF do dependente menor

Destaques
O Cadastro da Pessoa Física (CPF) é um documento essencial para a realização de uma série de tarefas: além da declaração do Imposto de Renda (IR), é necessário para abrir conta em banco, comprar e vender imóveis e fazer investimentos. Depois de conseguir o CPF, o cidadão recebe um número que o acompanha permanentemente pelo resto da vida civil. As pessoas físicas podem obter o cadastro pela internet ou em alguns órgãos credenciados pela Receita Federal: Correios, Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal, Ministério do Trabalho e Itamaraty. Para quem está fora do país, isso pode ser feito em embaixadas e consulados. O serviço é gratuito quando é feito pela internet, mas é cobrado nos locais credenciados. Nos Correios e nos bancos, é cobrada taxa de R$ 7,50. Para menores de 16 anos, é prec
Saiba mais sobre os direitos do trabalhador menor de idade

Saiba mais sobre os direitos do trabalhador menor de idade

CLT, Destaques
A Constituição Federal considera como menor trabalhador, em seu artigo 7º, o adolescente entre 16 e 18 anos – o trabalho a partir dos 14 anos só é permitido na condição de menor aprendiz, por meio das regras estabelecidas no contrato de aprendizagem, que é limitado a dois anos. A Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) regulamenta o trabalho a partir dos 14 anos ao longo de aproximadamente 40 artigos que versam sobre a proteção do trabalho do menor. Nesta edição do CNJ Serviço, procuramos esclarecer alguns dos principais direitos e regras do trabalho de menores de idade. Acompanhe: Local adequado - A Constituição Federal proíbe o trabalho noturno, perigoso ou insalubre aos menores de idade, a partir dos 14 anos. Da mesma forma, conforme a CLT, o trabalho do menor não poderá ser re
Contribuinte poderia pagar 63% menos de Imposto de Renda

Contribuinte poderia pagar 63% menos de Imposto de Renda

Imposto de Renda
Se a tabela de Imposto de Renda fosse corrigida, o brasileiro poderia pagar até 63% menos em 2016. A conta é do senador Reguffe (sem partido-DF), para quem, ao se negar a corrigir a tabela, o governo está aumentando a carga tributária de forma disfarçada. O governo costuma reajustar a tabela do Imposto de Renda da Pessoa Física todos os anos. Mas até agora não anunciou a correção. No ano passado, Reguffe apresentou um projeto de lei (PLS 355/2015) prevendo que os limites de isenção de Imposto de Renda sejam recompostos anualmente com base no índice de inflação, o IPCA do ano anterior. Escute a entrevista pela Radio Contabilidade e Radio Senado.
Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.