Tempo de trabalho sem registro pode ser contabilizado para aposentadoria

Trabalhar em uma empresa sem nenhum registro na carteira de trabalho é uma situação muito comum para os brasileiros, mas o que muitos não sabem é que mesmo sem o registro na CLT os trabalhadores poderão incorporar o tempo de serviço no pedido da aposentadoria. 

Nesse caso, será preciso comprovar o exercício da atividade trabalhista fora da CLT, através de contrato entre o funcionário e o empregador, recibos do pagamento de salário, entre outros. 

Para que a situação seja resolvida de forma rápida, é necessário entregar ao INSS todas as informações completas e corretas, isso é importante para a tramitação da solicitação da aposentadoria.

Mas quais provas é preciso ter para comprovar o tempo de trabalho sem registro? Veremos a seguir. 

Documentos necessários

São necessárias provas documentais, pois o INSS e a Justiça do Trabalho não aceitam prova testemunhal como única comprovação (esse tipo de prova só é válido como prova complementar).

Designed by @bilahata / freepik
Designed by @bilahata / freepik

Veja quais documentos utilizar: 

  • Fotos;
  • Documentos de férias ou recessos;
  • Extratos bancários de pagamentos do salário;
  • Recibos de pagamento;
  • Ficha de registro da empresa;
  • Holerites.

Por: Ana Flávia Correa

Dica Extra do Jornal Contábil: Compreenda e realize os procedimentos do INSS para usufruir dos benefícios da previdência social. 

Já pensou você saber tudo sobre o INSS desde os afastamentos até a solicitação da aposentadoria, e o melhor, tudo isso em apenas um final de semana? Uma alternativa rápida e eficaz é o curso INSS na prática

Trata-se de um curso rápido, porém completo e detalhado com tudo que você precisa saber para dominar as regras do INSS, procedimentos e normas de como levantar informações e solicitar benefícios para você ou qualquer pessoa que precise. 

Não perca tempo, clique aqui e domine tudo sobre o INSS.

Comentários estão fechados.