Ter benefícios do governo impede você de sacar o vale-gás?

O auxílio será destinado às pessoas de baixa renda e deverá ser pago a cada dois meses

O auxílio vale-gás foi sancionado pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e deve ser liberado a partir de dezembro. O Ministério da Cidadania já garantiu o orçamento para bancar o novo programa.

O auxílio será destinado às pessoas de baixa renda e deverá ser pago a cada dois meses com 50% do valor da média nacional cobrada pelo produto. Atualmente o preço do botijão de gás está ultrapassando o valor de R$ 100.

Quem vai poder receber o auxílio vale-gás?

Só terá direito ao benefício quem não tiver renda fixa, ou seja, quem recebe seguro-desemprego, PIS/Pasep, aposentadoria ou outro benefício do governo não será contemplado.

Já os beneficiários do Auxílio Brasil vão ter acesso ao auxílio-gás pois estão no grupo de pessoas em situação de extrema vulnerabilidade social.

Receberão o vale-gás

Famílias inscritas no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico)

ter renda familiar mensal per capita de até meio salário mínimo (R$ 550 em 2021)

Famílias que moram com alguém que receba o Benefício de Prestação Continuada (BPC), pago aos idosos e deficientes pobres.

Serão beneficiadas 14,6 milhões de famílias que estão registradas no Cadastro Único (CadÚnico) e estavam recebendo o Bolsa Família;

Os 47 milhões de brasileiros que estão sendo contemplados pelo BPC.

As mulheres chefes de família e que tenham medida protetiva terão prioridade no recebimento. A consulta de quem irá receber deverá ser aberta pelo site do Ministério da Cidadania no início de dezembro.

Quando começa o pagamento?

Não existe uma data determinada para começar a ser permitida a concessão do benefício. A previsão é que o pagamento comece em dezembro. Entretanto, estados como Pernambuco, Maranhão, São Paulo, Rio de Janeiro, entre outros, já estão ofertando o benefício. 

mulheres chefes de família e que tenham medida protetiva terão prioridade no recebimento. A consulta de quem irá receber deverá ser aberta pelo site do Ministério da Cidadania no início de dezembro.


Comentários estão fechados.