Tese do Século: TRF3 Afasta a exclusão do ICMS nos créditos de PIS/COFINS

Entenda a decisão do TRF3 de afastar a exclusão do ICMS nos créditos de PIS/Cofins e conheça mais esse capítulo da "Tese do Século".

A “Tese do Século” é como ficou conhecida a decisão do STF (Supremo Tribunal Federal) sobre a exclusão do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) da base de cálculo do PIS/Cofins.

No dia 16 de setembro deste mês (16/09/2021) surgiu mais uma parte da “Tese do Século”, a Fazenda Nacional entende que não é possível excluir o ICMS da base de cálculo do PIS e Cofins somente por conta da decisão do STF e segue apresentando embargos.

O Tribunal Regional Federal da 3ª Região (TRF3), por meio dos autos de apelação de nº 5000412-65.2017.4.03.6130, afastou a tese da Fazenda Nacional de se excluir o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) sobre os créditos de PIS e Cofins apurados pelo sistema não cumulativo.

Entenda o que é a “Tese do Século” e se atualize sobre essa disputa que vem acontecendo, da Fazenda contra a decisão do STF. Nós vamos te informar mais sobre essa decisão tomada pelo TRF3 nos próximos tópicos.

O que é a tese do século?

O Recurso Extraordinário (RE) 574.706, que ficou conhecida como “Tese do Século”, foi a decisão do Supremo Tribunal Federal em excluir o ICMS da base de cálculo do PIS/Cofins e isso começou uma disputa com a Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN).

Afinal, a Fazenda Nacional sofreu com uma grande queda de receita por conta dessa decisão, e ela defende que não pode acontecer uma reforma no regime de créditos simplesmente por decisão do STF.

A queda de braço

A Fazenda Nacional busca diminuir a queda de receita que aconteceu por conta do Recurso Extraordinário 574.706, sobre a exclusão do ICMS da base de cálculo do PIS/Cofins.Para reverter a situação, a Fazenda Nacional tem apresentado diversos embargos declaratórios opostos à decisão do Supremo Tribunal.

A decisão

A decisão de afastar a tese da Fazenda Nacional em se excluir o ICMS sobre os créditos de PIS e Cofins apurados pelo sistema não cumulativo, foi tomada pelo Desembargador Antonio Cedenho, que destacou: 

“não existe contrapartida entre a exclusão do ICMS da base de cálculo de incidência do PIS/COFINS e a exclusão do ICMS na base de cálculo dos créditos do PIS/COFINS

Essa disputa ainda deve continuar, para se manter informado sobre possíveis mudanças e novas notícias continue nos acompanhando. No caso de novas decisões, mudanças e alterações nós vamos te informar dessa disputa da Fazenda Nacional contra a decisão do STF.

Dica Extra: Já imaginou aprender 10 anos de Prática Contábil em poucas semanas?

Conheça um dos programas mais completos do mercado que vai te ensinar tudo que um contador precisa saber no seu dia a dia contábil, como: Rotinas Fiscais, Abertura, Alteração e Encerramento de empresas, tudo sobre Imposto de Renda, MEIs, Simples Nacional, Lucro Presumido, enfim, TUDO que você precisa saber para se tornar um Profissional Contábil Qualificado.

Se você precisa de Prática Contábil, clique aqui e entenda como aprender tudo isso e se tornar um verdadeiro profissional contábil.

Comentários estão fechados.