Tesouro 3.0: Conheça o combo de títulos público com gestão ativa e sem taxas

Tesouro 3.0 tem liquidez diária e investimento mínimo de R$ 1 mil.

0

A Vitreo lança nesta quarta-feira (18) o Tesouro 3.0, um combo de títulos públicos, com gestão ativa, para quem busca liquidez diária e rentabilidade acima da poupança.

Com a opção de investimento, o cliente tem a possibilidade de acessar em um só produto alternativas de renda fixa que contam com rebalanceamento periódico com a assinatura da equipe de gestão da casa.

É mais uma forma inovadora da Vitreo utilizar a ferramenta da carteira administrada. 

Com taxa zero, o Tesouro 3.0 tem aplicação mínima de R$ 1 mil e, além de buscar performar acima dos 0,1166% de rendimento mensal da caderneta de poupança, também elimina para o investidor a necessidade de esperar pela data de aniversário da conta, quando a rentabilidade do período é creditada na conta de quem opta pelo investimento bancário. 

“Os títulos do Tesouro Direto são registrados diretamente no CPF do cliente”, explica Gabriel Mallet, coordenador de renda fixa da Vitreo.

piramide

“Além da potencial vantagem no rendimento, o tesouro é mais seguro do que a poupança pois são emitidos pelo governo, são títulos de risco soberano”, complementa. 

Para Patrick O’Grady, CEO da Vitreo, o produto é mais um passo em levar ao mercado a missão da casa, que é de democratizar o mercado de investimentos.

“O Tesouro é uma modalidade de investimento que atrai desde os iniciantes nesse mercado até os investidores que querem ter na carteira uma reserva de emergência com a liquidez que essa reserva pede.

Encontramos uma forma de entregar isso com segurança, praticidade e com a marca da Vitreo.” 

Sobre a Vitreo 

Fundada em outubro de 2018 com a missão de mudar a relação dos brasileiros com os investimentos e acabar com o conflito de interesses que há nesta indústria no Brasil, a Vitreo nasceu como uma gestora que oferecia venda direta e isenta dos produtos ao cliente, sem variar comissões.