Quer entrar para o time dos vencedores? Confira 7 atitudes que você deve eliminar da sua vida

0

“Não conquistar o que você mais quer”. Assim o define fracasso. Enquanto algumas pessoas vivem uma vida abundante, de forma épica, outras experimentam o pior da vida.

De acordo com Wendell Carvalho, especialista em desenvolvimento pessoal, em comum, esses dois grupos perpetuam alguns comportamentos, ano após ano.

Conheça quais os padrões de comportamento não devem fazer parte do seu repertório para que você faça parte do time dos vencedores:

Não pensar sobre o futuro

São pessoas que vivem somente o momento presente, com o que vai acontecer no final de semana. Têm pessoas que vivem o paradigma da música do Zeca Pagodinho: “Deixe a vida me levar”.

Não pensam em quem elas precisam se tornar no futuro.
Tinham uma visão clara do futuro.

O segredo é “emotizar”, ou seja, ter uma visão positiva e maior do futuro, do que você tem hoje e, principalmente de quem você é. Para simplesmente serem pessoas melhores do que são.

Não terminar o que começou

As pessoas fracassadas tem dificuldade extrema de terminar aquilo que começam. Cientificamente, as pessoas mais bem sucedidas têm essa tenacidade, que tem um certo nível de disciplina.

É essencial refletir sobre como sua vida seria se você fizesse menos coisas, mas, por outro lado, concluísse de fato, tudo aquilo que você se propôs a fazer.

Quantos projetos você já deixou para trás? Quais são os planos que você não concluiu e já está pensando em iniciar outro? Talvez esse seja um indício de fracasso na sua vida. Corrija isso.

Reclamar com frequência.

As pessoas se colocam no papel de pouco poder pessoal, no papel de vítima, talvez você já tivesse ouvido alguém falar que as pessoas se colocam como vítima.

Mas o que não é comentado é: por que é tão difícil sair desse papel?

Somos mamíferos e preferimos viver junto com outros da mesma espécie. Toda vez que uma pessoa reclama normalmente, as pessoas ao redor lhe dão atenção. Isso desperta um sentimento primitivo de proteção.

Tudo isso faz sentido quando somos crianças, com 5 ou 6 anos. No entanto, não faz sentido quando buscamos uma vida épica e realmente abundante.

Criar regras duras demais

As pessoas fracassadas têm regras muito rígidas. Elas fazem um ckecklist inflexível de como as pessoas deveriam ser e frequentemente se decepcionam com o comportamento de terceiros.

Quanto mais rígidas forem suas regras em relação ao outro, mais fracasso nos relacionamentos, você irá experimentar na sua vida.

E o mesmo padrão se repete quando a rigidez for em relação a si e menos gentil consigo mesmo, mais fracasso, irá experimentar.

Pessoas de sucesso querem conviver bem com outras pessoas, querem cultivar bons relacionamentos com os membros da família e amigos

Viver em função do trabalho

Talvez, você esteja vivendo única e exclusivamente voltado para seu trabalho, mas isso pode ser necessário por um período de tempo, seja para concluir um projeto novo, o inicio de uma nova carreira ou expansão de um negócio.

Agora, se essa atitude perdurar por muito tempo, você vai perdendo a conexão com sua essência porque deixa de viver os melhores momentos da sua vida que estão ao seu redor.

Tenha sim, hiperfoco em seu trabalho, mas também oscile com atividades para praticar um hobby, atividade física e tenha tempo para as pessoas que você ama.

Viver em função do ego

Pessoas fracassadas fazem de tudo para se mostrar melhor que as outras pessoas, tudo para suprir as inseguranças e se comparar aos outros.

Querer ser maior que os concorrentes, viver para ser mais rico que os familiares e buscar o tempo todo estar certo.

Isso leva a ruína da vida pessoal e profissional. Por outro lado, aquelas pessoas que conquistam o sucesso ao invés de buscar estarem sempre certas, elas têm a meta clara de serem felizes.

Cercar-se de iguais

“Aves da mesma plumagem voam juntas”. Essa frase ilustra bem. Pessoas que buscam o sucesso vivem acompanhadas daqueles que têm o mesmo objetivo.

Pessoas que desejam relacionamentos melhores e com mais fidelidade, amor e paixão, estão ao lado de pessoas com o mesmo desejo.

Pessoas que almejam ser aprovadas em um concurso ou que querem empreender, sabem que precisam se dedicar e estão juntas.

Aquelas que cultivam as derrotas, os fracassos e todos os itens anteriores estão juntas. Fica a reflexão: quem são as pessoas que mais te cercam e quem são as que você ouve os conselhos?

Por Wendell Carvalho, Treinador comportamental especialista em gestão do tempo, produtividade e desenvolvimento pessoal, Wendell Carvalho atua há mais de 16 anos ajudando pessoas e empresas a atingirem o máximo potencial e a alta performance.