Tiroteio deixa 8 mortos em uma instalação da FedEx em Indianápolis

0

Um atirador abriu fogo dentro e fora de uma instalação FedEx Ground perto do aeroporto principal de Indianápolis na noite de quinta-feira, matando oito pessoas, ferindo várias outras e despachando testemunhas antes de suicidar-se, disse a polícia.

A polícia foi chamada às instalações por volta das 23h, hora local daquele que se tornou o tiroteio mais fatal do país desde que 10 pessoas foram mortas em 22 de março em um supermercado no Colorado.

Os nomes das vítimas ou do atirador não foram divulgados imediatamente.

“O atirador entrou no estacionamento e acredito que tenha saído do veículo rapidamente e começou a atirar… O primeiro tiroteio foi no estacionamento, depois ele entrou e não foi muito longe dentro da instalação”, disse o vice-chefe da polícia de Indianápolis, Craig McCartt, à CNN na sexta-feira.

O incidente marca pelo menos o 45º tiroteio em massa nos Estados Unidos desde o que ocorreu em um spa na área de Atlanta, em 16 de março.

A CNN considera um incidente como um tiroteio em massa se quatro ou mais pessoas, excluindo o atirador, foram baleadas e feridas ou mortas.

A polícia de Indianápolis chegou “a uma cena muito caótica, com vítimas e testemunhas correndo por toda parte”, disse Craig.

Craig disse acreditar que o atirador se matou quando os policiais o encontraram. Nenhum policial disparou, disse ele.

O motivo do tiroteio não se soube de imediato, disse a porta-voz da polícia de Indianápolis, Genae Cook.

A polícia ofereceu diferentes relatos sobre os feridos. Craig disse que pelo menos quatro sobreviventes foram levados a um hospital com ferimentos à bala e um quinto foi hospitalizado com um ferimento que se acredita ter sido causado por estilhaços.

Em um comunicado à imprensa, a polícia disse que cinco pessoas foram levadas a um hospital com ferimentos à bala e duas outras pessoas foram tratadas no local e liberadas.

O atirador tinha pelo menos uma arma – “algum tipo de rifle” – e os investigadores estavam tentando determinar se ele tinha mais, disse Craig.

A polícia na sexta-feira estava tentando entender a cena do crime enquanto parentes de funcionários da FedEx se reuniam em um hotel próximo, que as autoridades ofereceram como um lugar onde eles poderiam aguardar notícias, se reunir com os trabalhadores e se encontrar com os capelães da polícia.

Foto: imago images/ZUMA Wire
Foto: imago images/ZUMA Wire

“Muitos dos funcionários não tinham telefones celulares nas instalações”, e muitos sobreviventes não puderam entrar em contato imediatamente com suas famílias, disse Craig.

Governador e outros funcionários oferecem condolências

A FedEx divulgou um comunicado dizendo que estava “profundamente chocada e triste com a perda de membros da nossa equipe”.

“Nossas mais sinceras condolências vão para todos os afetados por este ato de violência sem sentido. A segurança dos membros da nossa equipe é nossa maior prioridade e estamos cooperando totalmente com as autoridades que estão investigando”, disse a FedEx.

O governador da Indiana, Eric Holcomb, disse que sexta-feira é “outro dia difícil e estou abalado pelo tiroteio em massa nas instalações da FedEx Ground em Indianápolis”.

“Em tempos como este, palavras como justiça e tristeza deixam de ser uma resposta para aqueles que são tomados ilógicos. Nossos pensamentos estão com as famílias, amigos, colegas de trabalho e todos aqueles afetados por esta situação terrível “, disse Eric.

As bandeiras serão reduzidas a meio mastro de sexta-feira até o pôr do sol de terça-feira “em memória daqueles que perdemos”, segundo Eric.

O prefeito de Indianápolis, Joe Hogsett, twittou que os moradores “se depararam com a notícia horrível de outro tiroteio em massa, um ato de violência que sem sentido tirou a vida de oito de nossos vizinhos”.

“Obrigado a todos os primeiros respondentes de nossa cidade por seu trabalho incansável durante a noite. Sua resposta rápida forneceu ajuda crítica aos feridos no tiroteio e amenizou a cena caótica”, twittou Joe.

O deputado americano, Andre Carson, cujo distrito inclui Indianápolis, twittou que estava com o coração partido pelo tiroteio em massa.

“Estou me comunicando com as autoridades locais para obter todos os detalhes do ataque e meu escritório está pronto para ajudar todos os afetados de qualquer maneira que pudermos”, disse ele.

Conteúdo traduzido da fonte CNN por Wesley Carrijo para o Jornal Contábil