Trabalhador poderá usar até 10% do salário para pagar fatura do Cartão de Crédito



Trabalhador poderá fazer pagamento consignado da fatura do cartão de crédito. É o que diz Medida Provisória aprovada pela Câmara dos Deputados e que segue para análise do Senado.

O texto permite ao trabalhador pedir que o valor da fatura seja descontado diretamente do pagamento dele. Desde que não passe de 10 por cento do salário.



A vantagem é que, no cartão, os juros, pra quem paga apenas o valor mínimo da fatura, são de quase 15 por cento ao mês.

Já no crédito consignado, como o vendedor tem uma garantia bem maior de que vai receber, as taxas não a chegam a quatro por cento.

A medida, porém, inicialmente deve beneficiar aposentados e servidores públicos.

Para que para quem atua no setor privado, o pagamento consignado do cartão dependeria ainda de uma autorização da empresa.

Comente no Facebook

Comentários

Facebook Comments Plugin Powered byVivacity Infotech Pvt. Ltd.

Anúncios