Trabalhador vai poder usar o FGTS para solicitar empréstimo

O trabalhador que estiver negativado nos órgãos de proteção ao crédito (SPC/Serasa), vão poder usar o FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) para solicitar um empréstimo

O trabalhador que estiver negativado nos órgãos de proteção ao crédito (SPC/Serasa), vão poder usar o FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) para solicitar um empréstimo.

Para conseguir esse empréstimo, o trabalhador precisará aderir ao saque-aniversário do FGTS, mesmo estando com o nome sujo, terá direito de pegar o crédito.

Antecipação do saque-aniversário do FGTS 

O trabalhador que aderir ao saque-aniversário, passa a ter direito de retirar uma parte do seu saldo do FGTS. Porém, caso seja demitido sem justa causa, não poderá retirar o saldo total da sua conta no fundo, sendo possível apenas sacar a multa rescisória, não podendo sacar o valor integral da conta. O saque-aniversário normal não é empréstimo.

Para conseguir o empréstimo, o trabalhador que aderiu à modalidade, precisará solicitar a antecipação do saque-aniversário. É uma forma de conseguir o dinheiro mais rápido.

No entanto, será preciso arcar com as taxas de juros de 1.49% ao mês quando a solicitação é realizada na Caixa Econômica Federal. Outros bancos aceitam o FGTS como garantia para liberar a linha de crédito. Mas você precisa ficar atento, isso porque cada instituição cobra a sua taxa de juros.

Penhor de Bens

Caso você não tenha como usar o FGTS para garantir a linha de crédito, poderá ter acesso ao penhor de bens oferecido pela Caixa. É possível conseguir dinheiro a partir de R$ 50, com taxa de juros de 1,99% ao mês, sem consulta ao SPC (Serviço de Proteção ao Crédito) para saber se o cliente está negativado. 

Neste caso, você terá que ter algum bem que possa ser penhorado pelo banco. Para ter acesso ao serviço de acesso ao crédito, é preciso ir a uma das agências que estão habilitadas. No site da Caixa é possível ter acesso às agências do banco que estão autorizadas a realizarem o penhor.

A Caixa aceita para penhor:

Joias Canetas de valor (desde que analisadas por um avaliador, que constate o valor) Relógios de valor (também analisados) Pratarias de valor.

  • Quando você assinar o contrato do penhor, será definido um prazo para a retirada do bem, no máximo 180 dias. Você cumprindo as exigências do banco, no final do prazo, os objetos são devolvidos.
  • Se o pagamento não for realizado em até 30 dias depois do prazo final, os bens vão a leilão.
  • O valor do empréstimo vai a partir de R$ 50, sem máximo definido.
  • O Penhor Caixa é uma linha de crédito e são aceitas como garantia joias confeccionadas em ouro, platina, prata, pérolas, relógios e canetas de valor.
  • O crédito sai na hora, sem a necessidade de análise cadastral ou avalista.

Os limites de empréstimos podem chegar até 100% do valor da garantia para os clientes com relacionamento na CAIXA.

O penhor pode ser solicitado pela pessoa, mesmo ela estando com o nome sujo, ou seja, negativada nos órgãos de proteção ao crédito.

Comentários estão fechados.