WiBX: Utility token promove um programa de marketing entre empresas e seus consumidores

Com sede em São José dos Campos, utility token pioneiro no país cresce com apoio do ITA e abrangência na região.

0

O Índice de Cidades Empreendedoras (ICE), realizado pelo Endeavor, coloca São José dos Campos como uma das cidades mais inovadoras do Brasil.

Importante tecnopolo nacional, soluções pensadas ali otimizam modelos de negócios mundo afora.

É o caso da WiBXutility token que promove um programa de marketing entre empresas e seus consumidores.

A moeda digital é uma plataforma desenvolvida pela Wiboostartup sediada em São José dos Campos.

Criada em 2015, a empresa nasceu com foco em programa de recompensas.

Dois anos depois, adotou a tecnologia blockchain e desenvolveu o utility token com usabilidade no varejo, um modelo pioneiro no Brasil.

A inovação, claro, começa no próprio Vale do Paraíba.

Da abertura da plataforma até outubro de 2020, a moeda digital passou a ser utilizada por mais de 30 mil pessoas na região.

O perfil de empresas participantes é diversificado: de restaurantes a lojas de calçados, passando por cafés, coworking, pista de boliche, entre outros.

“Temos uma atuação bem forte.

Como a empresa nasceu em São José dos Campos e continua instalada aqui, facilita a adesão na região.

Hoje temos uma boa base de clientes tanto de anunciantes quanto de usuários”, explica Vagner Sobrinho, Co-fundador da WiBX.

A ideia surgiu do encontro entre Pedro Alexandre e Vagner Sobrinho.

Enquanto o primeiro atuava no mercado de eventos, o segundo desenvolvia soluções tecnológicas para outras empresas.

As diferenças, porém, terminam aí.

Ambos moravam em São José dos Campos e compartilhavam o interesse em inovação e empreendedorismo.

Após trabalharem juntos em um projeto voltado ao mercado automobilístico, Pedro Alexandre convidou Vagner para criarem um programa de recompensas que estimulasse o engajamento entre empresas e seus consumidores.

A localização em um dos maiores tecnopolos do país foi um fator preponderante para o sucesso do empreendimento.

“Essa proximidade facilitou o desenvolvimento do projeto”, admite Vagner.

A principal vantagem, claro, está na parte tecnológica.

A WiBX possui um convênio de pesquisa e desenvolvimento junto ao Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA), uma das instituições mais prestigiadas do país, que traz ao projeto o que há de mais avançado em tecnologia blockchain para o setor. 

Além disso, o Vale do Paraíba também é o palco preferido da empresa para realizar campanhas inovadoras de ativação e utilização de sua plataforma.

Recentemente, a unidade do Shibata Supermercados em São José dos Campos foi a escolhida para iniciar um projeto piloto com caixas que aceitarão a moeda digital como pagamento de produtos.

Sobre a WiBX

Criada pela startup Wiboo, a WiBX é um utility token de usabilidade em massa que promove um programa de fidelização entre varejistas e consumidores por meio das moedas digitais.