Vacina Covid-19: Maiores de 45 anos já podem agendar para serem vacinados na Inglaterra

Isso sinaliza o início da 'Fase 2' do programa de vacinação,que envolve oferecer vacinas a adultos saudáveis com menos de 50 anos.

0

Todos com mais de 45 anos na Inglaterra agora podem agendar sua vacina online a partir de hoje, um grande passo à frente na luta da Grã-Bretanha contra o vírus.

Na noite passada o governo disse que havia excedido sua meta de vacinar todos os grupos prioritários e maiores de 50 anos e agora é a vez de aqueles nascidos no início da década de 1970 darem um passo à frente.

O governo prometeu oferecer uma dose da vacina para 32 milhões de pessoas nas categorias de acima de 50 anos, clinicamente vulneráveis e assistentes sociais e de saúde até quinta-feira e atingiu a meta três dias antes.

A partir de hoje, qualquer pessoa com 45 anos ou mais pode marcar uma consulta online no site do Serviço Nacional de Saúde (SNS) da Inglaterra para receber a vacina contra o Covid-19.

E aqui está o que você precisa saber.

Quem pode marcar uma consulta para se vacinar?

Qualquer pessoa com 45 anos ou mais pode marcar uma consulta.

Há uma estimativa de 3,7 milhões de pessoas na Inglaterra com idades entre 45 e 49 anos. 

Algumas dessas pessoas já terão recebido uma vacina por se enquadrarem nas categorias de vulnerabilidade clínica ou de trabalhadores de saúde e assistência social.

Isso sinaliza o início da ‘Fase 2’ do programa de vacinação, que envolve oferecer vacinas a adultos saudáveis com menos de 50 anos.

Você também pode marcar um horário se:

  • você está em grupo de risco do coronavírus (clínica e extremamente vulnerável);
  • você tem uma condição que o coloca em maior risco (clinicamente vulnerável);
  • você tem dificuldade de aprendizado;
  • você recebe um Auxílio para Cuidadores, recebe apoio após uma avaliação por sua autoridade local ou seu registro constitucional que mostra que você é um cuidador.
Foto: imagoimages / Ulmer
Foto: imagoimages / Ulmer

Como posso agendar?

Você pode marcar uma consulta através do site do Serviço Nacional de Saúde da Inglaterra.

Talvez seja necessário tentar mais de uma vez, pois o site travou na manhã de terça-feira, quando os elegíveis correram para garantir uma consulta.

Uma mensagem no site dizia: “O site do SNS está passando por dificuldades técnicas.”

“Estamos trabalhando para resolver esses problemas. Obrigado pela sua paciência.”

No entanto, pouco depois, o ministro das vacinas, Nadhim Zahawi, tuitou que o problema havia sido “consertado”.

Outros usuários relataram terem sido colocados em uma fila, com uma tela de espera que dizia: “Você está em uma fila. Muita gente tentando marcar uma consulta.”

Você precisa receber duas doses da vacina contra o corona vírus em duas consultas e pode marcar as duas ao mesmo tempo.

Você receberá a segunda dose por volta de 11 ou 12 semanas após a primeira.

Qual vacina será oferecida a mim?

O Reino Unido já administra as vacinas da Pfizer e Oxford e, na semana passada, a vacina Moderna passou a ser a terceira a ser usada.

Já foi implementado no País de Gales e na Escócia, e espera-se que a vacina seja entregue às pessoas na Irlanda do Norte nas próximas semanas.

A partir de hoje, o SNS da Inglaterra também passará a utilizá-la.

O Reino Unido comprou 17 milhões de doses da vacina Moderna, o suficiente para 8,5 milhões de pessoas, enquanto também garantiu acesso a 40 milhões de doses da vacina Pfizer.

Conteúdo traduzido da fonte iNews por Wesley Carrijo para o Jornal Contábil