Vagas formais regidas pela CLT são ofertadas após quatro meses de demissões em massa

0

No mês de julho, o Brasil voltou a ofertar empregos formais regidos pela Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), através de 131.010 novos postos de trabalho.

A informação foi divulgada nesta sexta-feira, 21, pelo Ministério da Economia, que também observou as 1.043.650 contratações formais no mês passado, enquanto também houverem 912.640 demissões.

Esta evolução positiva e significativa em tempos de pandemia, aconteceu quatro meses após uma queda expressiva, de acordo com os dados dispostos pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged).

Conforme informações oficiais, este também se trata do melhor resultado para o mês de julho desde 2012, quando houve a contratação de 142.496 trabalhadores com carteira assinada.

Ou seja, o melhor índice neste período em oito anos. 

De acordo com informações do Ministério da Economia, no acumulado dos sete primeiros meses de 2020, as demissões superaram as contratações em 1.092 milhão de empregos formais.

As demissões se tratam de um reflexo expressivo dos impactos da pandemia da Covid-19 no mercado de trabalho brasileiro.

No Brasil, a estimativa mais recente dos economistas, é de uma queda de 5,5% para o Produto Interno Bruto (PIB) neste ano. 

Na oportunidade, o ministro da Economia, Paulo Guedes, participou de uma reunião virtual com outros representantes do Governo no intuito de comentar os dados do Caged.

Para ele, o resultado do mês de julho é “extraordinário”, além de ressaltar que o país está retomando o crescimento.

“Isso é uma notícia extraordinária, depois de três meses de destruição líquida de emprego.

E aumentamos o ritmo de criação de emprego na economia”, afirmou. 

Vagas de empregos formais

Ele ainda acrescentou que, os dados confirmaram a premissa do Governo Federal de que o PIB do Brasil não iria cair tanto, conforme as estimativas dos bancos e organismos internacionais.

O ministro também disse que, a retomada do crescimento no Brasil será em “v”, contudo, perante um retorno de crescimento mais lento e seguro. 

Setores econômicos 

É possível observar a seguinte movimentação das vagas de empregos em diferentes setores econômicos no mês de julho: 

Setor                                            Número de vagas

Indústria                                       53.590

Construção                                   41.986

Comércio                                      28.383

Agropecuária                                23.027

Serviços                                       -15.948

Além disso, também é possível observar as regiões brasileiras que mais registrar contratações no mês de julho.

Região                              Número de contratações

Sudeste                           34.157

Nordeste                        22.664

Sul                                 20.128

Centro-Oeste                14.084

Norte                               13.297

DICA EXTRA JORNAL CONTÁBIL: Você gostaria de trabalhar com Departamento Pessoal?

Já percebeu as oportunidades que essa área proporciona?

O Viver de Contabilidade criou um programa completo que ensina todas as etapas do DP, desde entender os Conceitos, Regras, Normas e Leis que regem a área, até as rotinas e procedimentos como Admissão, Demissão, eSocial, FGTS, Férias, 13o Salário e tudo mais que você precisa dominar para atuar na área.

Se você pretende trabalhar com Departamento Pessoal, clique aqui e entenda como aprender tudo isso e se tornar um profissional qualificado.

Por Laura Alvarenga