Vale-Gás de agosto não será de R$ 120,00

O calendário do Vale-Gás mantém as datas do Auxílio Brasil, de acordo com o final NIS (Número de Identificação Social) de cada beneficiário

Embora o Governo Federal esteja prometendo a partir de 9 de agosto liberar o vale-gás no valor de R$ 120,00 para cada família beneficiária, o site da ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis), informou que o valor a ser pago será de R$ 112,00 referente o valor médio do preço de um botijão de 13 kg.

O calendário do Vale-Gás mantém as datas do Auxílio Brasil, de acordo com o final NIS (Número de Identificação Social) de cada beneficiário. 

Quem tem direito ao Vale-Gás

Para ter direito ao vale-gás, as famílias precisam estar inscritas no Cadastro Único com renda per capita menor ou igual a meio salário mínimo (R$ 606);

Também será necessário que as famílias possuam integrante que receba o BPC (Benefício de Prestação Continuada), independente de fazer parte do CadÚnico ou não.

O Auxílio-Gás que estava programado para começar a ser pago em 18 de agosto, foi antecipado pelo Governo Federal para o dia 9. Os pagamentos seguirão até o dia 22 de agosto. Essa mudança não afeta os próximos pagamentos do Auxílio-Gás. 

Calendário de agosto vale-gás

  • NIS final 1 – 9 de agosto
  • NIS final 2 – 10 de agosto
  • NIS final 3 – 11 de agosto
  • NIS final 4 – 12 de agosto
  • NIS final 5 – 15 de agosto
  • NIS final 6 – 16 de agosto
  • NIS final 7 – 17 de agosto
  • NIS final 8 – 18 de agosto
  • NIS final 9 – 19 de agosto
  • NIS final 0 – 22 de agosto

No dia 14 de julho foi promulgada a PEC dos Benefícios (Proposta de Emenda à Constituição), que permitiu que os benefícios sociais do governo federal passem por reajustes a partir do mês de agosto. O aumento terá como base o Estado de Emergência para famílias que se encontram em situação de vulnerabilidade econômica, diante do aumento da inflação no país.

Auxílio-Gás

Segundo portaria do Governo Federal, em agosto será pago 100% do valor da média nacional do botijão de 13 kg de gás liquefeito de petróleo (GLP) até o final deste ano, e não mais os 50% pagos desde o início do ano, conforme Portaria publicada no “Diário Oficial da União” na quarta-feira (20). 

Em 2022, os pagamentos são feitos nos meses pares, junto com as parcelas do Auxílio Brasil – que se baseiam no final do número de inscrição social (NIS).

Também para o dia 9 de agosto foi antecipado pagamento no valor de R$ 600 do Auxílio Brasil. Conforme PEC (Proposta de Emenda Constitucional) aprovada no Congresso, que turbina benefícios sociais, o Auxílio Brasil será pago até dezembro no valor de R$ 600.

No sábado, dia 23 de julho, o presidente da República, Jair Bolsonaro (PL) indicou que o valor de R$ 600 será mantido no ano que vem, para quem recebe o benefício.

“Botamos um ponto final no Bolsa Família, que pagava em média R$ 190 e hoje paga R$ 600. Conseguimos isso dentro da responsabilidade fiscal, entre outras coisas, não roubando. Temos como manter esse valor para o ano que vem também”.

Comentários estão fechados.