Valor intrínseco: O que é?

0

Ao analisar a definição de valor intrínseco na língua portuguesa, nota-se que o termo possui relação às características internas, em outras palavras, os aspectos interiores de determinada coisa. 

Já no cenário econômico, a definição é voltada à dimensão da avaliação realizada para ponderar investimentos nos mercados de ações e respectivas opções, circunstância na qual o objetivo se torna o cálculo do valor real de um ativo visando utilizar tal informação como uma ferramenta para a tomada de decisões sobre o exercício da oportunidade de compra e ou venda. 

Valor intrínseco de uma ação

Na situação específica das ações, o valor intrínseco pode ser visto na capacidade do ativo em apresentar o crescimento, e portanto, a geração de lucros ao investidor. 

Assim, pode-se dizer objetivamente que o valor intrínseco de uma ação está relacionado à distorção entre o “preço justo” em virtude do potencial de crescimento, e o valor praticado em mercado durante um determinado momento. 

A partir do momento em que o investidor identifica qualquer distinção, é possível dizer que aquele ativo em fase de análise representa uma oportunidade significativa pelo valor intrínseco. 

Embora a teoria seja relativamente simples, a execução desta avaliação resulta em uma complicação subjetiva, tendo em vista que é impossível prever o futuro, motivo pelo qual os investidores devem recorrer aos cálculos e diversas metodologias para encontrar um “valor justo” do ativo, para somente depois, compará-lo ao preço de mercado. 

Valor intrínseco de uma opção 

Normalmente recorre-se ao mercado de opções no intuito de negociar direitos de compra e venda para um investidor, considerando um certo preço dentro de determinado período. 

Como no caso de um investidor com uma alternativa de compra de ação junto a uma empresa qualquer no valor de R$ 50,00 até o dia 1º de agosto de 2019. 

Neste cenário o investidor tem o poder de exercer ou não a opção. 

Portanto, o valor intrínseco de uma opção se relaciona à vantagem que ela oferece ao investidor de exercê-la em um momento de avaliação entre ela e o preço ativo em estudo. 

Diante da alternativa de compra ou venda, existem duas maneiras de avaliar se são inversamente proporcionais:

  • Opção de compra: se o valor de compra da opção é menor do que o preço do ativo, então existe valor na operação de compra.
  • Opção de venda: se o valor de venda da opção é maior do que o preço do ativo, então existe valor na operação de venda.
receita federal

Valor intrínseco de uma opção na prática

Retornando ao exemplo do ativo de R$ 50,00, é necessário considerar que se o preço da ação é de R$ 55,00, há a alternativa de efetuar a compra por R$ 50,00.

Portanto, existe a oportunidade de compra mediante um valor intrínseco de R$ 5,00, enquanto, se o preço da ação é R$ 45,00, a opção deixa de ter um valor. 

Ou seja, o valor intrínseco surge em ocasiões nas quais o valor do exercício da opção é melhor do que a cotação demonstrada pelo ativo no mercado.

Cálculo do valor de uma ação

Tendo consciência de que o valor intrínseco de uma ação pode ser identificado através do potencial apresentado pelo negócio com capacidade de gerar lucros e dividendos ao acionista, entende-se que para encontrar o valor e poder compará-lo ao preço de mercado, existem duas metodologias distintas. 

Desta forma, o cálculo mais usual é aquele realizado pelo que se conhece por Fluxo de Caixa Descontado (FCD), elaborando uma projeção dos resultados futuros de uma instituição com base no potencial de crescimento estipulado. 

Feito isso, aplica-se uma taxa de desconto, geralmente feita pelo custo médio ponderado de capital (WACC). 

A intenção é abranger os riscos das premissas, e assim evitar uma visão inteiramente otimista.

Por fim, é possível chegar a um valor justo a ser aplicado pela empresa, sendo que a partir dele, realiza-se um cálculo do valor intrínseco da ação, bem como a comparação relacionada ao preço de mercado praticado para avaliar as oportunidades.

Dica Extra: Já imaginou aprender 10 anos de Prática Contábil em poucas semanas?

Conheça um dos programas mais completos do mercado que vai te ensinar tudo que um contador precisa saber no seu dia a dia contábil, como: Rotinas Fiscais, Abertura, Alteração e Encerramento de empresas, tudo sobre Imposto de Renda, MEIs, Simples Nacional, Lucro Presumido, enfim, TUDO que você precisa saber para se tornar um Profissional Contábil Qualificado.

Se você precisa de Prática Contábil, clique aqui e entenda como aprender tudo isso e se tornar um verdadeiro profissional contábil.

Por Laura Alvarenga