Veja 10 dicas para contratar o candidato ideal!

Confira dez dicas essenciais para realizar esse processo de contratação da melhor maneira possível!

De acordo com o balanço do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Novo Caged) no primeiro trimestre de 2022 foram geradas 615 mil novas vagas de emprego no Brasil, sendo 136.189 empregos formais no mês de março. Somente a Catho, marketplace de tecnologia que conecta empresas e candidatos, estão disponíveis mais de 390 mil oportunidades. Para ajudar essas milhares de empresas que estão em busca do candidato ideal, Bianca Machado, Gerente Sênior da Catho separou dicas essenciais para realizar esse processo de contratação da melhor maneira possível. Confira:

1- Entenda as necessidades do perfil da vaga

O primeiro passo antes de recrutar futuros colaboradores é entender as necessidades e o perfil da vaga, quais os conhecimentos específicos e nível de profundidade de conhecimento necessários para a posição. 

2- Pontue as rotinas do cargo

Para visualizar, exatamente, as rotinas diárias e as exigências do cargo, se torna imprescindível ter uma lista das tarefas que deverão ser executadas. Com esse detalhamento é possível visualizar, por exemplo, se é cabível a contratação de um assistente administrativo ou um telefonista. Ou, então, se um técnico pode suprir as demandas de um analista ou se é necessário um profissional com curso superior.

As rotinas do cargo também devem ser mencionadas na entrevista com o candidato, para que ele possa dizer se tem interesse em cumprir aquela agenda. Uma conversa bem alinhada evita problemas futuros.

3- Analise a experiência necessária

Uma contratação só é realmente eficaz quando se tem bem definido o que é fundamental para preencher o cargo, assim como a experiência profissional. Portanto, tendo definido qual tipo de experiência ou conhecimento é necessário para o cargo, ele se torna mais um filtro para o momento de análise de currículos.

4- Verifique se há compatibilidade entre o perfil profissional e a cultura da empresa

Ter um profissional alinhado com a cultura organizacional da empresa, compartilhando dos mesmos valores, é importante para que seu perfil se mostre compatível com os demais integrantes do time, de todos os níveis hierárquicos.

Alguns princípios e hábitos são absorvidos ao longo do tempo, porém, é necessário verificar se o candidato tem preceitos próximos aos que são seguidos pela organização. Mesmo que não seja dito verbalmente na entrevista, é possível notar, no decorrer da conversa, se o participante do processo seletivo se identifica, ou não, com a cultura da organização.

5- Defina as remunerações e benefícios

É necessário definir o valor do salário, assim como benefícios e,  para isso, o primeiro passo é realizar um diagnóstico da empresa. Esse momento é ideal para saber as expectativas dos colaboradores, o que pode se tornar uma excelente estratégia para atrair e reter talentos. Portanto, avalie a possibilidade de incluir benefícios como vale-cultura, auxílio-creche, participação nos lucros e resultados ou bonificações por metas alcançadas.

Feito isso, estude a média salarial oferecida pelo mercado para a vaga que quer contratar. Com essa resposta é possível averiguar se o valor oferecido pela sua empresa está dentro dos padrões dos concorrentes. Pagar um salário mais baixo acaba não sendo vantajoso, pois o colaborador pode aceitar a vaga no primeiro momento, mas, ao identificar uma oportunidade melhor, pedir demissão.

6- Defina as qualidades do perfil profissional ideal

Além de saber executar as tarefas necessárias que o cargo exige, um bom profissional também deve reunir outras qualidades que tornam o perfil ideal para a empresa como: visão sistêmica, flexibilidade, proatividade, liderança, capacidade de manter o foco, realizar trabalho em equipe e buscar o aperfeiçoamento profissional.

7- Elenque as soft skills mais desejadas no candidato

As soft skills são as famosas habilidades emocionais. Por mais que empresas precisem de pessoas com capacidades técnicas para desempenhar funções, as subjetivas também são fundamentais. O entendimento é que essas qualidades vão potencializar a atuação das pessoas, influenciando também o ambiente de trabalho e de outros trabalhadores da empresa. Portanto, elenque as que mais se adequem a vaga disponível e a sua empresa.

8- Avalie se objetivos estão alinhados

Quem se candidata para uma vaga de emprego tem objetivos em questão. O ideal é avaliar se eles estão alinhados com os mesmos que a empresa tem. Assim, são maiores as chances de contratar uma pessoa que vai passar mais tempo na companhia e, ainda melhor, entregando um nível de dedicação e desempenho dentro do que é esperado para aquele cargo.

9- Considere as habilidades e qualificações

Todo perfil profissional considera as habilidades e qualificações necessárias para determinado cargo. Portanto, na hora da seleção, é fundamental se certificar se essas pessoas realmente cumprem com esses requisitos. A entrevista pode servir para questionar sobre as experiências que a pessoa candidata teve desempenhando tarefas técnicas específicas.

10- Aposte na tecnologia 

A tecnologia auxilia diversos setores a terem mais agilidade e assertividade e com as contratações isso não é diferente. Aposte em ferramentas que podem te auxiliar nesse quesito. A Catho, por exemplo, é uma empresa de tecnologia que disponibiliza anúncios gratuitos e ilimitados de vagas e com a utilização da inteligência artificial nesse processo, faz com que o algoritmo aprenda o comportamento tanto dos recrutadores quanto dos candidatos para poder fazer as indicações e ligações mais eficientes para os dois lados.

Além disso, outra solução disponível na Catho é o Recrutamento Perfeito, uma solução que permite à empresa realizar buscas ilimitadas na base de candidatos do site. Dessa forma, além de publicarem as vagas, a organização pode adquirir o Recrutamento Perfeito e buscar ativamente pelos candidatos de acordo com o perfil desejado.

Com essa solução sua empresa ganhará agilidade e autonomia no processo, pois não precisará aguardar pelos candidatos interessados pela vaga. Com apenas alguns cliques, é possível ter acesso a uma lista de diversos profissionais compatíveis e convidá-los para uma entrevista. Além disso, os algoritmos de aprendizado de máquina combinam candidatos com empregos proporcionando mais exatidão nos resultados de busca e fazendo com que o encontro do profissional ideal para a vaga se torne o mais fácil e rápido possível.

Dica Extra do Jornal Contábil: Você gostaria de trabalhar ou aprender tudo sobre o Departamento Pessoal?

Já percebeu as oportunidades que essa área proporciona?

Conheça o programa completo que ensina todas as etapas do DP, desde entender os Conceitos, Regras, Normas e Leis que regem a área, até as rotinas e procedimentos como Admissão, Demissão, eSocial, FGTS, Férias, 13o Salário e tudo mais que você precisa dominar para atuar na área.

Se você pretende trabalhar com Departamento Pessoal, clique aqui e entenda como aprender tudo isso e se tornar um profissional qualificado.

Fundada em 1977, a Catho tem o propósito de mudar vidas por meio do trabalho. 

Comentários estão fechados.