Veja como consultar o Auxílio Brasil de julho e datas de pagamento

Neste mês, os beneficiários ainda receberão o valor de R$ 400

Uma nova rodada de pagamento do Auxílio Brasil começa nesta segunda-feira (18). Atualmente estão sendo beneficiadas mais de 18 milhões de famílias. Ainda no mês de julho, os beneficiários irão receber o valor médio de R$ 400. Somente no calendário de agosto, que o governo irá liberar o Auxílio Brasil de R$ 600.

Como consultar o Auxílio Brasil?

Geralmente as pessoas conseguem consultar as informações no aplicativo Auxílio Brasil. Em alguns casos, as famílias não conseguem ter acesso às informações, o motivo pode ser que a folha de pagamento ainda não foi atualizada. Isso ocorre porque o Ministério da Cidadania costuma atualizar os dados sobre os repasses apenas poucos dias antes do seu início.

Mas não há motivo para preocupação. Basta aguardar que as novas informações sejam inseridas no sistema.

  • As consultas podem ser realizadas pelo aplicativo Auxílio Brasil (disponível para Android e iOS); 
  • Central de Relacionamento do Ministério da Cidadania, número 121;
  • Central de atendimento da Caixa Econômica Federal, número 111.

Calendário de pagamento

Os pagamentos do Auxílio Brasil referente ao mês de julho começam a ser liberados a partir desta segunda-feira (18), de acordo com o final do Número de Inscrição Social (NIS) dos aprovados.

  • NIS de final 1 – 18 de julho;
  • NIS de final 2 – 19 de julho;
  • NIS de final 3 – 20 de julho;
  • NIS de final 4 – 21 de julho;
  • NIS de final 5 – 22 de julho;
  • NIS de final 6 – 25 de julho;
  • NIS de final 7 – 26 de julho;
  • NIS de final 8 – 27 de julho;
  • NIS de final 9 – 28 de julho;
  • NIS de final 0 – 29 de julho.

Quem tem direito?

  • Famílias em situação de extrema pobreza;
  • famílias em situação de pobreza; e
  • famílias em regra de emancipação.
  • As famílias em situação de extrema pobreza são aquelas que possuem renda familiar mensal per capita de até R$ 105,00 (cento e cinco reais), e as em situação de pobreza com renda familiar mensal per capita entre R$ 105,01 e R$ 210,00 (cento e cinco reais e um centavo e duzentos e dez reais).

De acordo com o Ministério da Cidadania, a família para ter direito ao Auxílio Brasil precisará se inscrever no Cadastro Único de Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico).

É através do Cadastro Único que o governo federal, os estados e os municípios identificam os brasileiros que são alvo de programas sociais.

Como fazer a inscrição no Cadastro Único?

O Cadastro Único (CadÚnico) é a única forma para as pessoas terem acesso ao Auxílio Brasil. Quem já está inscrito deve atualizar os seus dados e aguardar numa fila de espera para ter acesso ao benefício.

Quem ainda não se cadastrou no CadÚnico poderá se inscrever indo à unidade do CRAS (Centro de Referência de Assistência Social) da sua cidade.

A primeira etapa de inscrição poderá ser feita pelo aplicativo Cadastro Único (é necessário fazer a atualização). Desta forma, o responsável familiar poderá fazer o pré-cadastro da família pelo celular. A etapa agiliza a inscrição da família, já que depois o integrante só precisa procurar um posto de atendimento do CadÚnico para finalizar o cadastro no prazo de 120 dias.

O representante familiar, de preferência, deverá ser uma mulher, deverá ir ao CRAS para realizar o cadastramento. Deverá apresentar CPF ou Título de Eleitor e ainda levar pelo menos uma cópia de cada documento para cada pessoa da família. Os documentos são:

  • Certidão de Nascimento; ou
  • Certidão de Casamento; ou

CPF; ou

  • Carteira de Identidade – RG; ou
  • Carteira de Trabalho; ou
  • Título de Eleitor; ou
  • Registro Administrativo de Nascimento Indígena (RANI) – somente se a pessoa for indígena.

O Responsável Familiar passará  por entrevista do Cadastro Único para responder a um entrevistador social informações sobre a composição da família, características do domicílio, despesas, grau de escolaridade dos integrantes, entre outros dados.

Como fazer a consulta do CadÚnico?

A pessoa poderá saber se está inscrito no CadÚnico fazendo uma ligação por telefone ou fazer a consulta pela internet.

Por meio do site ou aplicativo é possível  consultar se o seu cadastro está ativo. Também poderá se informar, ligando para a central de atendimento, número 0800 707 2003. O horário de atendimento vai das 07h às 19h, de segunda a sexta-feira, e das 10h às 16h nos finais de semana e feriados. A ligação é gratuita.

Caso você queira consultar a inscrição no Cadastro Único pela internet, basta acessar o site Meu CadÚnico ou então baixar o aplicativo Meu CadÚnico de forma gratuita nas plataformas Google Play (Android) e App Store (iOS).

Comentários estão fechados.