Veja como é possível fazer uma boa Gestão de Home Office!

0

Esse não é um cenário típico. Vale lembrar que o modelo home office foi uma novidade para muitas empresas, para além disso, sendo executado num contexto que envolve pressão social como uma pandemia, afetando o bem-estar dos colaboradores.

Gestão de home office será o tema que vamos discutir nesse artigo.

É muito importante ressaltarmos que há um bom tempo já existem ferramentas como o Zoom e Trello, por exemplo, facilitando reuniões e alinhamentos que contribuem para o trabalho à distância.

Mas poucas empresas, antes de tudo isso ocorrer, chegaram a amadurecer uma gestão eficiente de home office, como colocá-la em prática com estratégia e gerenciamento eficiente.

É um isolamento ‘forçado’, a empresa não chegou ao consenso de que seria mais produtivo trabalhar de casa. Pensando nisso, de que maneira encarar essa experiência, tirar aprendizados e até mesmo amadurecer a gestão de trabalho remoto?

O time está preparado para o AUTOgerenciamento?

Nesse período, empresas poderão mensurar na prática o quanto o time aprendeu a ‘lição de casa’ sobre autogerenciamento em palestras e cursos apresentados.

É essencial alinhar para o time que se trata de uma gestão de crise e que todos são responsáveis e podem contribuir nesse direcionamento. A gestão tradicional em que uma pessoa ou grupo específico, geria todo o time, definitivamente deixa de fazer sentido nesse cenário.

A gestão centralizada vai sobrecarregar uma pessoa ou grupo específico, dando espaço para que parte do colaboradores fiquem no aguardo de soluções.

Essas soluções precisam ser discutidas em conjunto, para tanto, é essencial criar espaços, abrir agendas e promover esse debate.

A liderança necessita nesse momento agir de maneira transparente, compartilhar responsabilidades e ‘sentir’ as necessidades do time. Orientação e bom senso, são palavras importantes nesse cenário.

Não podemos descartar a vulnerabilidade emocional de cada integrante, portanto, perceber, será um pouco mais difícil à distância. O ideal será criar espaços para essas trocas e aqui daremos algumas sugestões.

Gerenciamento distribuído

Crie um grupo para discutir ideias e sugestões sobre como superar a crise, identificar oportunidades e resultados que antes, estavam totalmente fora do planejamento;

Não esqueça de inserir o manifesto para o todo o time: Vamos superar juntos esse período!

A colaboração sempre foi importante no contexto organizacional, mas esse talvez seja um dos períodos mais delicados em que também passaremos a enxergar fragilidades e fortalezas, tanto da empresa no contexto econômico, como da empresa no contexto pessoas, quem faz parte.

Como organizar o time? Revisão de objetivos:

Mexer nos ponteiros é extremamente necessário no cenário de incertezas e mudanças constantes.
Total atenção com as métricas e sempre que necessário, realizar ajustes;

Reuniões com foco em entregas semanais:

Uma boa sugestão é realizar pelo menos uma reunião no inicio da semana definindo os objetivos com foco nas entregas desse período;

Mantenha acordos claros nesse período. Exemplo:

1 – Quantas reuniões serão necessárias ao longo semana;

2 – Qual o tempo determinado para cada reunião;

3- Qual o melhor horário para o time.

Respeitar o horário de trabalho:

A flexibilidade é interessante nesse período, mas não extrapolar nos horários também.

Estabeleça horários para envio de mensagens, evitando que pessoas tenham contato com tarefas no período de descanso;

Como estabelecer uma comunicação clara na gestão de home office?

É essencial estimular a colaboração, para isso, as informações sobre tudo o que está acontecendo devem ser postas à mesa.

Estimule que cada integrante pense: quem mais precisa saber disso? Como essa informação impacta na entrega de outras pessoas do time?

Essa visão é extremamente necessária no trabalho colaborativo, além de fundamental durante o processo de comunicação. Outro ponto é o engajamento.

A falta de informação desestimula o ‘fazer parte’, afinal, o que está
acontecendo?

Portanto, não peque nesses pontos e sempre revise a estratégia de comunicação do time. Alinhamento e objetivos claros para todos os integrantes.

A tomada de decisão é outro ponto importante. Embora fisicamente as pessoas estejam em distanciamento, no home office, as decisões devem ser tomadas da mesma maneira que era no escritório.

Videoconferência é uma forma interessante, pois é rica em recursos da linguagem, diminuindo falhas na comunicação.

O que é produtividade no trabalho home office?

Adotar uma nova perspectiva do que é produtividade não vale apenas para o contexto home office. Praticamente toda organização já se deparou em algum momento com a entrega de um produto, mas que o resultado foi? Zero.

Portanto considerar a ocupação – horas em que a pessoa está teoricamente trabalhando – como parâmetro de produtividade não é o caminho.

O foco sempre deve ser nos resultados obtidos e previamente alinhado com o time. Nesse momento um gestor, por exemplo, não deve se preocupar com a quantidade de horas que o time está trabalhando, mas sim na entrega.

Bom, esperemos que essas dicas possa ajudar você na gestão de home office. Devemos lembrar que essa é uma experiência em que todos sairão repletos de aprendizados.

Aproveitar a oportunidade de ver esse contexto com novas perspectivas. Perceber transformações que partem de dentro, em cada integrante do organismo empresarial.

Crie espaço para conversas e trocas que não seja sobre trabalho

Essa é a dica que iremos dar sobre o aspecto emocional dos colaboradores. As relações devem ser mantidas e respeitadas. Crie um grupo “cafezinho” em que os colaboradores podem bater um papo de maneira livre e espontânea.

Pequenas ações, podem fazer diferença em como as pessoas se sentem. Esse é um contexto muito proveitoso para colocar em prática o quanto a sua empresa está amadurecida para relacionar-se de maneira saudável e produtiva com o colaborador.

DICA EXTRA  DO JORNAL CONTÁBIL : MEI saiba tudo o que é preciso para gerenciar seu próprio negócio.  Se você buscar iniciar como MEI de maneira correta, estar legalizado e em dia com o governo, além de fazer tudo o que é necessário para o desenvolvimento da sua empresa, nós podemos ajudar. 

Já imaginou economizar de R$ 50 a R$ 300 todos os meses com contador e ainda ter a certeza que está fazendo suas declarações e obrigações de forma correta.

E o melhor é que você pode aprender tudo isso em apenas um final de semana. Uma alternativa rápida e eficaz é o curso MEI na prática. Trata-se de um curso rápido, porém completo e detalhado com tudo que um MEI precisa saber para ser autônomo e nunca mais passar por dificuldades ao gerir o seu negócio. 

Quer saber mais? Clique aqui e mantenha sua empresa MEI em dia!

Por Biquara Contents: é uma Consultoria de Comunicação há mais de 8 anos na internet.