Veja como evitar golpes ao tentar regularizar seu CPF

0
Designed by fizkes / shutterstock
Designed by fizkes / shutterstock

O CPF é um dos documentos mais utilizados pelos cidadãos brasileiros, mas também têm sido o principal alvo de criminosos. Então, além de manter o documento regular, também é preciso ficar de olho em possíveis situações de fraude utilizando seus dados. 

A Receita Federal informou que tem recebido reclamações de cidadãos que foram vítimas de um esquema de fraude através de anúncios de regularização do CPF.

Os casos teriam ocorrido após os cidadãos buscarem pelo termo “regularizar CPF” no Google e se depararem com anúncios que oferecem a regularização do documento. 

Mas, para isso, é cobrada uma taxa, no entanto, o serviço não é realizado. Além de perder dinheiro, as vítimas também têm seus dados roubados e que podem ser utilizados em golpes, futuramente.  

Para evitar essa situação, elaboramos este artigo com a forma correta de solicitar a regularização do seu documento. Confira! 

Como regularizar?

Para evitar cair em golpes, o cidadão deve acessar as páginas oficiais dos serviços oferecidos pelo governo federal. Da mesma forma, ocorre a regularização do CPF. Então, busque pela página www.gov.br/receitafederal e  selecione a opção “Meu CPF”.

Assim, o cidadão irá encontrar orientações de como corrigir a situação cadastral do CPF de acordo com a irregularidade encontrada no sistema.

Designed by fizkes / shutterstock

Portanto, saiba que diversas situações podem alterar o status do seu CPF, que podem estar relacionadas a dados incorretos ou faltantes. Assim, você pode acompanhar o status do seu documento que pode estar em uma das cinco situações cadastrais abaixo:

  • Regular: não há nenhuma pendência no cadastro do contribuinte;
  • Pendente de regularização: o contribuinte deixou de entregar alguma declaração do Imposto Renda;
  • Suspenso: o cadastro do contribuinte está incorreto ou incompleto;
  • Cancelado: o documento foi cancelado em virtude de multiplicidade de inscrições ou por decisão administrativa ou judicial
  • Titular falecido: foi constatado o falecimento do contribuinte
  • Nulo: existe fraude na inscrição e por isso, o CPF foi anulado.

Depois de verificar o que causou a irregularidade, você pode corrigir ou incluir as informações apontadas pelo sistema.

Mas caso o status registrado seja “pendente de regularização” você deverá verificar a entrega das suas declarações do imposto de renda. Isso também pode ser conferido através do site da Receita Federal. 

Taxas

Quando a correção das irregularidades são realizadas pelo site da Receita Federal, ou em suas unidades de atendimento, o contribuinte não precisa pagar nenhuma taxa.

Mas o cidadão também tem a opção de contratar profissionais da área contábil para auxiliar no processo. Da mesma forma, verifique a reputação do profissional, principalmente quando o serviço é contratado de maneira totalmente virtual, pela internet. 

Sobre os casos de prejuízos causados por golpistas aos contribuintes, a Receita Federal informou que já denunciou os anúncios fraudulentos ao Google.

Além disso, o órgãos alerta as autoridades competentes sobre esta situação, e recomenda que as vítimas do esquema denunciem também. 

Dica Extra: Já imaginou aprender 10 anos de Prática Contábil em poucas semanas?

Conheça um dos programas mais completos do mercado que vai te ensinar tudo que um contador precisa saber no seu dia a dia contábil, como: Rotinas Fiscais, Abertura, Alteração e Encerramento de empresas, tudo sobre Imposto de Renda, MEIs, Simples Nacional, Lucro Presumido, enfim, TUDO que você precisa saber para se tornar um Profissional Contábil Qualificado.
Se você precisa de Prática Contábil, clique aqui e entenda como aprender tudo isso e se tornar um verdadeiro profissional contábil

Por Samara Arruda

Sair da versão mobile