Veja como o Microempreendedor pode economizar na conta de luz

Ações simples podem trazer um alívio na hora de pagar as contas

Desde o início de setembro, com o anúncio do segundo aumento na tarifa extra da energia elétrica pelo consumo de 100 kWh, os consumidores têm buscado alternativas para não sentir a alta na conta de luz. Mas, como ficam os microempreendedores que precisam gerar renda e ao mesmo tempo também precisam economizar? Para eles, o desafio é ainda maior justamente pelo leque menor de medidas que podem evitar com que esse aumento seja imenso na conta no final do mês. A boa notícia é que existem sim medidas que o pequeno empresário pode adotar e que farão diferença na conta. Renan Kaminski, sócio-fundador da 4blue, consultoria especializada em gestão para micro e pequenas empresas, traz uma lista de práticas que podem ser adotadas pelo empreendedor rapidamente.

1 –  Desligue o (s) monitor (es)

O monitor ligado é algo que passa despercebido no cotidiano. Aliás, a verdade é que nem todo mundo tem o hábito de desligar o monitor quando não está usando. Fazer isso pode ser importante para economizar e o mesmo vale para outros aparelhos que ficam no famoso ‘stand by’, modo de espera que fica consumindo energia. Além de desligar, uma outra alternativa é, se você puder investir, comprar equipamentos mais novos, pois eles consomem menos energia e, a longo prazo, é possível economizar mais ainda nas contas.

2 – Use lâmpadas de LED

Repare bem o tipo de lâmpada que você tem na sua casa ou no seu comércio. Para gastar menos energia é indicado o uso de lâmpadas de LED. A economia pode ser realmente grande se comparada com os gastos de uma conta de luz com lâmpadas incandescentes ou fluorescentes. Adeque isso o mais rápido possível.

3 – Abuse da iluminação natural

Nem sempre será possível dispensar o uso da energia elétrica para iluminar o ambiente, mas dependendo do seu segmento é possível aproveitar mais a luz natural do dia e, acredite, isso fará diferença no final do mês na conta de energia elétrica.

4 – Ventilação natural também importante

Outro ponto importante que recai bastante sobre a conta alta de luz é o ar-condicionado. Apesar de não ser indicado o uso em ambientes fechados por conta da pandemia, muita gente acaba optando por essa comodidade por conta do calor. Porém, o ideal é abrir as janelas e deixar a corrente de ar passar. O ar-condicionado, assim como chuveiro, o ferro e a secadora, consome muita energia.

5 – Promova o engajamento e conscientização de todos

É importante que seus colaboradores também tenham comprometimento na hora de reduzir o consumo de energia. Incentive todos os envolvidos para que essas medidas se tornem hábitos na rotina de trabalho. Lembre-se que essa economia de recursos não precisa ser adotada só por conta da alta na conta de luz. Essas medidas ajudam você a economizar dinheiro e ainda preservam o meio ambiente. 

4blue, Empresa que desde 2009 presta consultoria e treinamento financeiro para pequenas empresas de todo o Brasil, além de outros serviços estratégicos e empresariais.

Comentários estão fechados.