Veja como sacar o FGTS de pessoa que faleceu

Retirada por ser feita a qualquer momento, mas é preciso apresentar os documentos exigidos pela Caixa Econômica Federal.

18

Os dependentes do trabalhador que faleceu podem sacar o saldo de suas contas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Esse saque pode acontecer a qualquer momento e não precisa atender ao calendário de retiradas entre março e julho deste ano, segundo a Caixa Econômica Federal.

Podem fazer o saque os dependentes do trabalhador informados na “Relação de Dependentes” da Previdência Social, ou na “Declaração de dependentes habilitados à pensão”, fornecida pelo órgão pagador da pensão.

Na falta de dependentes, os sucessores da pessoa falecida têm direito a sacar os recursos do FGTS. Esses sucessores devem ser indicados em alvará judicial, expedido a pedido do interessado, mesmo sem inventário ou arrolamento.

A Certificação Digital para o uso do eSocial

O governo anunciou que a partir deste mês, a pessoa que pediu demissão ou foi demitida por justa causa até 31 de dezembro de 2015 vai poder sacar o saldo que ficou parado na conta. É possível consultar o saldo do FGTS pelo site ou pelo aplicativo da Caixa.

Para tirar outras dúvidas sobre o saque das contas inativas liberado este ano, veja as principais perguntas e respostas sobre o assunto.

Ao todo, a lei prevê 16 hipóteses em que os saques das contas do FGTS, ativas ou inativas, são liberados integralmente, além do caso de morte do trabalhador, como por exemplo trabalhadores ou dependentes portadores do vírus HIV; pessoas em tratamento contra o câncer e doentes em estágio terminal (veja abaixo).

Para fazer o resgate do dinheiro da pessoa falecida, é preciso apresentar pessoalmente uma lista de documentos, segundo a Caixa Econômica Federal.

Veja abaixo quais documentos levar:

– Documento de identificação do sacador.

– Número de inscrição PIS/PASEP/NIS.

– Carteira de trabalho do titular falecido.

– Cópia autenticada das atas das assembleias que comprovem a eleição, eventuais reconduções e término do mandato, quando se tratar de diretor não empregado.

Via G1

18 Comentários

  1. Meu marido faleceu há 25 anos não tenho nem um documento dele só uma sestidao velha do inss eu consigo sacar o fgtf dele

  2. Boa noite meu tio faleceu em 86 ele nasceu em 1913 ele era aposentado ir tempo d serviço ele algum dinheiro d FGTS depositado?

  3. Falo pelo o que aconteceu com uma amiga, que esta com um processo assim solicitando sacar do pai falecido a 20 anos atras e o juiz liberou o pagamento. Para ela e as irmas ja que a mae faleceu.

  4. Meu marido trabalhou registrando de 1972 a 1992 de 1993 ate 2008 ele contribuído como autônomo e aposentou em 2008 por tempo de serviço ele faleceu em 2o13 eu tenho dinheiro do FGTS para receber

  5. Meu esposo faleceu a seis anos ele era aposentado .eu tenho direito do fgts dele .ou não

  6. Meu nome é Jovelina minha mãe morreu tá com cinco anos vai fazer agora eu tenho direito já era aposentada não sei se ela tirou eu tenho direito

  7. Meu pai faleceu a alguns anos já mas não tenho acesso a todos documentos dele pois minha mae já não morava mais com ele .
    Porem ao consultar o fgts não encontram as contas , e ele teve muito tempo de registro
    Possui sacar ?

  8. Meu marido faleceu em 04/03/2016. Ele trabalhou por muito tempo de carteira assinada. Tenho direito ao FGTS dele?

  9. Meu pai falesceu a 15 anos ,minha mãe recebe a pensão dele por morte ela tem o direito de sacar ? Ele trabalhou no ano de 88 a 95

  10. Meu marido faleceu não sei como daquele o fundo de garantia pois ele perdeu todos os documentos encluve a carteira de trabalho

  11. Minha mãe faleceu a 14 anos ela trabalhou com carteira assinada .como saber se tem direitos que algum filho possa tirar o fgts

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.