Veja o que pode sujar o nome e quais as consequências disto

A condição de negativa, atualmente, é a realidade de muitos brasileiros.

No atual cenário do país, milhares de brasileiros estão na condição de inadimplentes, deste montante uma boa parcela está com o nome sujo nos órgãos de proteção ao crédito. Muito disso, é resultado dos impactos socioeconômicos atrelados a pandemia da covid-19

Diante desse contexto, tornou-se bastante pertinente entender certas questões que envolvem a condição de negativa, tais como: O que significa estar com o nome sujo? Quando isso acontece? e quais as consequências de possuir restrições no CPF. 

Em resumo, estar com o nome sujo, é o mesmo que dizer que a pessoa está negativada junto aos órgãos de proteção ao crédito (Serasa, SPC, etc.). No geral, isto ocorre quando a pessoa deixa de pagar de dívida, todavia,  isto pode se desdobrar de diversas maneiras. Veja alguns exemplos: 

  • Carnês de lojas atrasados; 
  • Não pagamento das faturas do cartão de crédito no prazo estipulado; 
  • Utilização de cheques sem fundo; 
  • Não pagamento de contas mensais, tais como: luz, água, aluguel, telefone, dentre outros serviços; 
  • Não honrar com os pagamentos de um empréstimo ou financiamento; 
  • Mediante a entrada de uma ação judicial feita pelo devedor. 

Ao se enquadrar em alguma das situações listadas, o resultado será a aplicação de restrições no CPF do cidadão. Tal condição pode impactar de diferentes maneiras na vida da pessoa, enquanto cidadão e consumidor. 

Nesta linha, além do estresse natural de estar devendo, a pessoa terá problemas como: dificuldade em contratar crédito, obstáculos para alugar um imóvel, baixo score nos órgãos de proteção, problemas para solicitar empréstimos e financiamentos, dentre outras consequências. 

Saiba que em casos mais graves, ainda pode ter dificuldades em exercer sua plena efetiva cidadania, como poder ingressar em uma faculdade e ter o direito ao voto. 

Como limpar o nome e não sujar de novo?

O primeiro passo, é consultar o seu CPF e estar ciente dos débitos abertos em seu nome. Isto pode ser feito de diversas formas, as mais populares, é acessando as seguintes páginas: Serasa, Cadastro Positivo do SPC Brasil e  Quite já. 

Feito isso, existem algumas dicas sobre atitudes que quando tomadas ao “pé da letra” irão lhe ajudar a limpar o seu nome e garantir uma boa gestão financeira. Confira:

  • Primordialmente, renegocie suas dívidas. Em geral, as instituições devedoras estão sempre abertas a um acordo; 
  • Controle seus gastos e não comprometa mais que 80% de sua renda em dívidas. Faça anotações sobre boletos, contas e dívidas em aberto; 
  • Pague suas contas em dia. Esta parece óbvia, mas além de manter seu nome limpo, respeitar os prazos mensais aumentam seu score; 
  • Evite gastos desnecessários. Procure manter somente o que cabe no seu bolso, se preciso cancele alguns “luxos”, como planos de celular, serviços de streaming, dentre outras mensalidades; 
  • Atualize suas informações junto ao Serasa, SPC ou Boa Vista. Tal atitude cria uma boa reputação no mercado. 

Comentários estão fechados.