Veja o valor do seu salário nos próximos anos

Para o ano de 2024, o governo estima que o valor do salário mínimo deverá subir para R$ 1.337

O valor do salário mínimo atualmente não tem dado ao trabalhador um ganho real. A inflação voltou a ser a inimiga do bolso dos brasileiros. O Governo Federal já fez uma estimativa de quanto será o valor do piso nacional em 2023, 2024 e 2025. Isso levando em conta o INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor) deste ano e faz parte do Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias (PLDO) de 2023.

Os valores que vamos mencionar são apenas estimativas, não quer dizer que esse já será o valor do mínimo nos próximos anos, já que a inflação tem mostrado suas garras e com certeza, até o final deste ano, os cálculos já serão outros.

De acordo com o Ministério da Economia, para 2023, o salário mínimo deverá ter o valor de R$ 1.294 (um aumento de R$ 82,00) em relação ao valor atual de R$ 1.212. A equipe econômica para realizar o cálculo se baseou na alta de 6,7% do INPC de 2022.

Para o ano de 2024, o governo estima que o valor do salário mínimo deverá subir para R$ 1.337 e para o ano de 2025, o piso nacional deverá ficar em R$ 1.378.

Cada ponto percentual no INPC significa um acréscimo de R$ 8,8 bilhões nos gastos da União, segundo Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias (PLDO). A equipe acredita que em 2023 as despesas serão de R$ 1.750 trilhão com benefícios do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social).

O Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos) fez uma avaliação onde chegou a conclusão que o valor ideal do salário mínimo para 2022, seria no valor de R$ 6.394. O órgão levou em conta os gastos básicos dos brasileiros atualmente.

Inflação

A inflação é a grande inimiga do trabalhador. Ela tem avaçando muito, o que obrigou o Banco Central elevar a taxa Selic de 11,75% para 12,75% ao ano, na última reunião do Copom (Comitê de Política Monetária do Banco Central). 

O Governo Federal está esperando que a produção e o consumo diminuam para que, aos poucos, os preços também comecem a cair, e a inflação frear.

Comentários estão fechados.