Veja os novos valores das alíquotas e benefícios do INSS 2021

0

Os valores dos benefícios  para este ano de 2021 serão reajustados de acordo com o salário mínimo. Na matéria de hoje vamos esclarecer quais serão esses novos valores. Continue conosco e confira.

Ministério da Economia 

No dia 13 de janeiro foi publicado pelo Ministério da Economia, a portaria SEPRT/ME N° 477/2021, no qual reajusta os benefícios pagos pelo INSS e também as tabelas dos salários de contribuição para este ano de 2021.

Reajuste dos benefícios 

Para os beneficiários que recebem acima do salário mínimo é necessário ser reajustados em 5,45% em 2021, isto de acordo com o Índice Nacional de Preços ao Consumidor em 2020. 

Agora com este reajuste o teto dos benefícios do INSS passa de R $6.101.06, para R $6.433,57.

Esteja atento (a), pois, os beneficiários que começaram a receber algum benefício em fevereiro de 2020, terão reajuste proporcional à inflação que foi acumulada durante a quantidade de meses o valor no ano passado. 

Beneficiários que recebem salário mínimo 

O reajuste será de 5,26%, destacando o piso de R $1.045 para R $1.100. 

Novo valor dos Benefícios

Os beneficiários que receberam seus benefícios em 2021 são de competência de dezembro de 2020, por esta questão ainda não foram reajustados. 

Para os segurados que recebem o piso, eles já começaram a receber o valor reajustado, este reajuste começou no dia 25 de janeiro. 

Já para os beneficiários que recebem uma renda superior ao piso, os pagamentos serão reajustados em 01 de fevereiro. 

Logo abaixo vamos mostrar na tabela o reajuste do INSS. Confira! 

A tabela abaixo é referente ao reajuste de 5,45% para os beneficiários do INSS com várias faixas de renda. Veja 

Benefício 2020Benefício 2021
R$ 1.200R$ 1.265,40
R$ 1.500R$ 1.581,75
R$ 1.800R$ 1.898,10
R$ 2.100R$ 2.214,45
R$ 2.400R$ 2.530,80
R$ 2.700R$ 2.847,15
R$ 3.000R$ 3.165,50
R$ 3.300R$ 3.479,85
R$ 3.600R$ 3.796,20
R$ 3.900R$ 4.112,55
R$ 4.200R$ 4.428,90
R$ 4.500R$ 4.745,25
R$ 4.800R$ 5.061,60
R$ 5.100R$ 5.377,95
R$ 5.400R$ 5.694,30
R$ 5.700R$ 6.010,65
R$ 6.000R$ 6.327,00
R$ 6.101,06R$ 6.433,57

Este reajuste também interfere nas alíquotas que o segurado contribui para o INSS. Portanto veja abaixo como ficará o recolhimento: 

SalárioAlíquota
Até um salário mínimo (R$ 1.100)7,5%
A partir de R$ 1.100,01 até R$ 2.203,459%
A partir de R$ 2.203,49 até R$ 3.305,2212%
A partir de R$ 3.305,23 até R$ 6.433,5714%

Vamos ressaltar que de acordo com a Reforma da Previdência, começaram a ser progressivas, apenas sobre a parcela do salário que se enquadrar em cada faixa e isso faz com o que a alíquota seja menor. 

Vamos dar um exemplo para você entender melhor, veja:

A senhora Joana ganha R $1. 500 , logo ela pagará 7,5% sobre R $1.100 (R $82,50) e mais 9% sobre os  R $400 que excedem o valor que no caso será R $36, totalizando R $118,50 de contribuição. 

Veja abaixo os valores da tabela progressiva do INSS em 2021.

Salário de contribuiçãoAlíquotasParcelas a deduzir
Até R$ 1.100,007,50
De R$ 1.100,01 até R$ 2.203,489,0016,50
De R$ 2.203,49 até R$ 3.305,2212,0082,60
De R$ 3.305,23 até R$ 6.433,5714,00148,71
O valor máximo do INSS do segurado empregado é R$ 6.433,57

Dica Extra do Jornal Contábil: Compreenda e realize os procedimentos do INSS para usufruir dos benefícios da previdência social. 

Já pensou você saber tudo sobre o INSS desde os afastamentos até a solicitação da aposentadoria, e o melhor, tudo isso em apenas um final de semana? Uma alternativa rápida e eficaz é o curso INSS na prática

Trata-se de um curso rápido, porém completo e detalhado com tudo que você precisa saber para dominar as regras do INSS, procedimentos e normas de como levantar informações e solicitar benefícios para você ou qualquer pessoa que precise. 

Não perca tempo, clique aqui e domine tudo sobre o INSS.

Por Laís Oliveira.