Veja quem tem direito de receber mais de R$ 6 mil do FGTS

Os moradores de algumas cidades terão o direito de sacar o valor do FGTS

Um grupo de pessoas vai receber do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) um valor de até R$ 6.220 ainda neste mês. Porém, será necessário respeitar o prazo estipulado pela Caixa Econômica Federal.

Veja quem tem direito a mais de R$ 6 mil?

Na verdade, os moradores de algumas cidades terão o direito de sacar o valor do FGTS. Ao todo, a Caixa já liberou o benefício para mais de 120 cidades dos estados de:

Rio de Janeiro;

São Paulo;

Espírito Santo;

Minas Gerais;

Bahia.

O valor de R$ 6.220 foi disponibilizado após as fortes chuvas que atingiram o Brasil no início do ano. Os últimos municípios que conseguiram autorização para fazer os saques foram:

Belford Roxo – Rio de Janeiro; Santo Antônio do Amparo – Minas Gerais.

As pessoas terão 60 dias para fazer o pedido de saque junto à Caixa. No entanto, se você perder o prazo, não terá mais acesso ao dinheiro, independentemente das circunstâncias. A modalidade do FGTS é liberada apenas nos casos de calamidade pública, ou situação de emergência que são oficialmente decretadas pelo município e pelo Distrito Federal.

Vão poder sacar o valor nas agências da Caixa, os moradores das cidades que possuem saldo positivo no FGTS. O máximo que poderá ser retirado é de R$ R$ 6.222,00, por pessoa.

Veja quem pode sacar em junho

Para fazer o saque calamidade do FGTS o trabalhador precisa ter saldo positivo na conta do Fundo e não ter realizado saque por motivo de calamidade nos últimos 12 meses. O valor do saque calamidade é limitado a R$ 6.220,00 por pessoa para cada evento caracterizado como desastre natural, respeitando o intervalo de 12 meses entre um saque e outro.

Veja a lista de cidades que podem fazer o saque em junho:

EstadoCidadePrazo para o saque
Espírito SantoSão Gabriel da Palha03/07/2022
Espírito Santo Bom Jesus do Norte10/07/2022
Minas GeraisMateus Leme04/07/2022
Minas GeraisCataguases06/07/2022
Minas GeraisAimorés 20/06/2022
Rio de JaneiroItaocara 20/06/2022
Rio de JaneiroCambuci20/06/2022
Rio de JaneiroBom Jesus do Itabapoana23/06/2022
Rio de JaneiroMiracema23/06/2022
Rio de JaneiroAngra dos Reis02/07/2022
Rio de JaneiroParaty 03/07/2022
Rio de JaneiroAperibé 06/07/2022
Rio de JaneiroMesquita12/07/2022
Rio de JaneiroNova Iguaçu13/07/2022
Rio de JaneiroQueimados 11/08/2022

Quais situações é permitida o saque calamidade do FGTS?

Enchentes ou inundações graduais;

Enxurradas ou inundações bruscas;

Alagamentos;

Inundações litorâneas provocadas pela brusca invasão do mar;

Precipitações de granizos;

Vendavais ou tempestades;

Vendavais muito intensos ou ciclones extratropicais;

Vendavais extremamente intensos, furacões, tufões ou ciclones tropicais;

Tornados e trombas d’água;

Desastre decorrente do rompimento ou colapso de barragens que ocasione movimento de massa, com danos a unidades residenciais.

Após o envio do decreto municipal à União, o governo repassa os dados para a Caixa, que faz então o crédito dos valores aos beneficiários de cada cidade.

Comentários estão fechados.