Precisa de uma renda extra? Veja seis formas de ganhar dinheiro pela internet

0

Dinheiro é sempre bem vindo, ainda mais num momento de dificuldades que estão sendo enfrentadas em todo o país.

Mas sabia que dá pra fazer isso sem sair de casa? Existem ferramentas virtuais que podem te ajudar a manter seu orçamento em dia de forma virtual.

Essas alternativas que antes eram vistas com desconfiança, tem sido bastante utilizadas devido às medidas de isolamento social motivadas pela pandemia.

Neste período, muitas pessoas se viram sem ter uma renda fixa para manter as contas em dia.

Por isso, buscamos algumas ideias e plataformas confiáveis para te ajudar a complementar sua renda.

Confira seis maneiras de ganhar dinheiro pela internet

Pesquisas online: certamente você já deve ter ouvido falar ou até mesmo, se cadastrado em uma pesquisa online.

Ao responder pesquisas por meio de questionários de marcas sobre vários produtos e serviços.

Estas marcas pagam às plataformas um incentivo para que encontrem o público-alvo que responda às questões sobre determinado produto.

Assim, uma parte do valor é repassada à pessoa que respondeu às perguntas de acordo com o critério estabelecido previamente.

Dentre os sites que fazem esse tipo de pagamento estão:

  • Survey Pronto, que direciona as pesquisas conforme o perfil exigido pela marca;
  • My Iyo, trabalha com sistema de pontos, acumulados conforme se responde a questionários;
  • Você opina, que permite criar uma conta gratuitamente e se a necessidade de se fazer um investimento inicial, dentre outros. 

Teste de sites e aplicativos: na mesma pegada das pesquisas online, temos a possibilidade de fazer testes em sites e aplicativos e receber por isso.

Basicamente, o usuário será pago para realizar certas ações que irão ajudar o empresário a aprimorar o produto que está sendo desenvolvido pela sua empresa.

Temos alguns exemplos de plataformas que trabalham desta maneira:

  • Userfeel, que verifica a experiência do usuários sobre a gravação de tela do site ou aplicativo. O valor deste trabalho é pago via PayPal; 
  • Enroll, também colhe as experiências do usuário que responde às questões feitas por empresas. Estas também podem “curtir” as respostas o que irá gerar em pontos ao usuário.

Vendas on-line: esta tem sido uma ferramentas muito comum durante a pandemia, utilizada até mesmo pelas grandes lojas que migraram suas vendas para a internet.

Então, se você vende itens de beleza ou moda, confecciona algum tipo de produto customizado, terceiriza um trabalho ou quer desapegar de itens que não usa mais, pode apostar no e-commerce, por exemplo.

Há plataformas que podem te ajudar através dos sites: 

  • Elo7 
  • Mercado Livre
  • Enjoei
  • OLX

Digital Influencer: essa opção está na moda e virou até profissão.

Dá pra fazer vídeos em youtube, instagram e ganhar dinheiro com isso, dependendo da quantidade de curtidas, acessos e compartilhamentos.

Um exemplo, são as várias personalidades brasileiras que tem se mantido através de parcerias e patrocínios que são convertidos em grandes quantias em dinheiro.

Mesmo sendo construído aos poucos, o trabalho pode ter bons resultados, principalmente se você tem especialidade em um assunto ou tem algum talento, por exemplo.

Venda de fotos: essa é uma boa opção para quem tira boas fotos e precisa de uma renda extra, principalmente durante a pandemia.

Não precisa ser fotógrafo profissional.

Dá pra colocar suas fotos à venda de virtual  e você ainda consegue divulgar seu trabalho pela internet, sem os grandes custos que teria com uma agência, por exemplo.

A mesma dica também vale para quem tem experiências com ilustração e vídeos.

Conheça alguns sites especializados nesse tipo de serviço:

  • Getty Imagens
  • Shutterstock 

Social Media: se você entende tudo de instagram e facebook, pode aproveitar para ganhar dinheiro como Social Media.

O trabalho em sido bastante buscado atualmente, principalmente por empresas e pessoas públicas que precisam de assessoria freelancers.

Basicamente, é feita a administração de redes sociais, sem precisar sair de casa.

Neste caso, vale a pena se formalizar como MEI para aceitar mais propostas de trabalho, além de ter benefícios. 

Por Samara Arruda