Vender Por E-mail Continua Sendo A Melhor Opção para infoprodutores?

0

Uma das perguntas que sempre recebo é: Vender por e-mail é a forma mais certeira de se ter sucesso no Marketing Digital?

Bem, apesar de que novas plataformas tenham surgido, a caixa de entrada dos seus clientes e leads permanece sendo o lugar mais precioso para estabelecer relacionamento entre marcas e clientes.

Em um mundo cada vez mais digital, raramente alguém não está conectado às redes sociais.

E essas redes geralmente exigem um endereço de email para validação. 

Desta forma, invariavelmente, todos que entrarem em contato com a sua empresa terão um email.

Além disso, é considerado o meio mais formal, que transmite a maior seriedade e confiabilidade.

Por isso, é preciso cuidar com o tipo de conteúdo enviado, prezando sempre pela sobriedade e objetividade.

Se bem gerenciado, pode, sim ser a melhor forma de vender online.

Mas também pode se tornar inútil se for considerado como spam

Portanto, aposte e valorize nos profissionais de redação e design e nas plataformas de automação de Email Marketing.

Ainda que exista uma tendência no mercado de simplificar a comunicação através de apps de mensagens, chatbots e vitrines virtuais diretamente das páginas, nenhuma tecnologia ainda é capaz de substituir o bom e velho e-mail.

Neste texto você vai conferir algumas das inúmeras razões pelo qual vender por e-mail permanece sendo a maneira mais eficaz de conquistar e fidelizar seus clientes de forma individual e em massa.

Por Que O Email É O Melhor?

1- INTIMIDADE

Quando recebemos um e-mail, por ser o meio mais formal de nos comunicarmos atualmente, damos maior atenção. 

Ainda que seja apenas ler o título e o preview do texto, consideramos como algo relevante, simplesmente por estar ali.

Ao contrário do irritante telemarketing ativo ou anúncios pagos, o leitor não é interrompido.

De uma maneira mais respeitosa, tendemos a considerar os e-mails como correspondências pessoais, não intrusivas e generalistas.

Neste sentido, muitos podem até se sentir, de certa forma, especiais.

Ao ver seu nome no corpo do texto, ganhar um cupom de desconto de um produto que tinha visualizado antes… A intimidade é o elemento que reforça laços e os mantém.

2 – MÚLTIPLOS CONTEÚDOS

Um e-mail sempre deve oferecer um caminhos para os seus destinatários.

Para tal, acabamos por usar hiperlinks que direcionam para outras páginas.

Vemos que muitos empreendedores, na maior parte das vezes, direcionam os leads para a compra.

Mas o interessante mesmo é disponibilizar opções que não significam uma simples venda.

Entregue conteúdo útil para a sua audiência.

Mesmo que seja direcionado a sua empresa em si.

Como uma postagem interessante do universo da sua marca, algo relacionado ao histórico de compras do cliente…

Enfim, de qualquer forma, o importante é não criar somente e-mails que levam para a mesma escolha sempre.

Diversifique o tipo de conteúdo que você envia para  sua base.

Ao oferecer mais variedade de caminhos para que aqueles que abrirem o e-mail, aumentamos a interação entre sua marca e sua audiência.

Eu mesmo adorar falar sobre meu dia a dia e trazer dicas e lições para os meus leitores.

Quer ver só um exemplo bem simples disso? Esses dias, enviei uma lista de filmes que falam de Marketing que acho que todo empreendedor deve assistir.

Isso quer dizer que às vezes você não irá inserir link algum no e-mail, entregando dentro dele a sua mensagem de valor.

Dessa forma, você mostra aos seus leads que abrir o seu e-mail será uma experiência positiva e não um spam.

Quanto mais natural for a relação entre vocês, melhor. Aposte nisso.

3 – AUTOMAÇÃO

Um dos principais benefícios de utilizar o e-mail como meio principal de relacionar-se com os clientes é a automação.

Uma boa plataforma de automação de marketing possibilita otimizar o envio de mensagens personalizadas, entregando conteúdos de valor e em escala.

Nesse sentido, uma hora ou outra torna-se humanamente impossível realizar o disparo de e-mails de forma manual.

E por isso, usufruir de ferramenta de automação é inevitável para qualquer pessoa que tenha um produto digital.

Como já falei antes, estar dentro da caixa de entrada de cada um dos seus leads é a forma mais eficaz de aprofundar seu relacionamento com eles.

E com a automação, esse processo se torna viável, consistente e escalável.

4 – ANÁLISES

Para saber da eficiência dos seus disparos é necessário realizar análises precisas sobre os números gerados pelas plataformas de automação. 

É evidente que apenas um profissional de Marketing Digital seja plenamente capaz de interpretar as métricas.

Mas se a sua plataforma for intuitiva, fica fácil fazer isso mesmo sem ter uma equipe para tal.

Basta estudo e um pouco de dedicação para compreender o que está funcionando ou não.

As taxas de entrega, de abertura, de cliques e outros números, ao serem decifrados, se tornam munição para um planejamento mais estratégico e eficaz.

O que tem funcionado? O que não tem dado certo? Como podemos melhorar? O que deve ser reforçado? O que deve ser reavaliado? 

Todas essas perguntas são necessárias melhorar o trabalho, seja individual ou em equipe.

TODOS OS ESFORÇOS SÃO VÁLIDOS

Ao planejar campanhas, sempre esperamos resultados positivos.

Assim, tudo que fugir disso tende a nos desanimar e até desvalorizar o trabalho que tem sido realizado.

É importante, primeiramente, sempre se animar a continuar produzindo.

Em momentos de feedbacks negativos, busque visualizar as situações como novos desafios e novas chances de superação.

Além disso, apesar do email ser o meio mais importante para realizar vendas pela internet, não podemos ignorar todas as outras formas possíveis de se conectar com o seu público.

Disponibilize todos os canais existentes para a comunicação, certificando-se que sua marca seja acessível. 

Seja pelos novos aplicativos ou pelos velhos espaços, não desperdice nenhuma oportunidade de estar presente, ainda que virtualmente.

Quem não é visto não é lembrado.

Então, apareça.

Por Diego Carmona, Fundador e CVO da leadlovers