Descubra como você pode ganhar dinheiro criando vídeos on-line

0

A chegada de novas plataformas e a acessibilidade à formatos diversos fez com que algumas profissões se tornassem mais próximas da realidade das pessoas.

Esse é o caso do editor de vídeo, que encontrou na internet formas de ganhar dinheiro criando vídeos.

O que chama a atenção neste ramo é que qualquer pessoa pode aprender a profissão. Com um bom programa para edição de vídeo, dedicação e criatividade, é possível se destacar, seja trabalhando em projetos pessoais ou para empresas e criadores de conteúdo.

Mas como, exatamente, os editores de vídeo conseguem ganhar dinheiro?

Onde começar na edição de vídeo

Antes de entender como um editor de vídeo pode ganhar dinheiro e construir uma carreira, é interessante saber como essa profissão, normalmente, começa.

Apesar de já existirem cursos no mercado, é uma constante que o profissional da edição de vídeo inicie projetos aprendendo por conta própria.

Os melhores programas editores de vídeo contam com tutoriais completos na internet, como acontece com o WonderShare Filmora9, bastante popular entre os entusiastas da edição pela sua facilidade e usabilidade.

No caso do Filmora9, todos os recursos são simples e intuitivos, em uma interface totalmente traduzida para o português.

O programa vai das edições básicas às mais complexas, com efeitos que permitem cortes simples e transições, até itens mais complexos, como o famoso efeito chroma-key.

Filtros de imagem, refinamento da qualidade e ajustes de áudio são mais algumas possibilidades.

Além disso, o usuário do Filmora9 pode conferir um banco completo de transações e animações para suas vinhetas.

Para ajudar quem está começando, o canal oficial da marca conta com tutoriais simples para seguir e aprender.

Assim, ao iniciar uma carreira na edição de vídeo, qualquer pessoa tem bons recursos para desenvolver seu conhecimento e criar projetos próprios, para ganhar dinheiro criando vídeos online.

Como ganhar dinheiro criando vídeos online

A internet tem se mostrado cada vez mais presente na vida das pessoas. Somente o comércio online é a preferência de 74% dos brasileiros é a preferência de 74% dos brasileiros, número que dá uma ideia de quanto dinheiro se movimenta neste meio.

Para os editores de vídeo, oportunidades não faltam para lucrar. O primeiro exemplo é a edição de vídeo para empresas e lojas online.

Muitos negócios perceberam a necessidade de contar com vídeos demonstrativos de seus produtos, para ajudar os clientes a tomarem uma decisão de compra.

Além disso, vídeos corporativos ou que apresentam uma conquista para a marca também são frequentes.

Um editor de vídeo pode ganhar dinheiro criando vídeos online ao trabalhar para um criador de conteúdo ou mesmo desenvolvendo seus próprios materiais.

O YouTube é uma das plataformas mais estruturadas em sistema de pagamento e existem milhares de pessoas que tiram uma renda mensal do site.

Outras redes sociais também são interessantes para os editores de vídeo, seja como contratado de terceiros ou como influenciador digital.

Ainda que Instagram e Tik Tok não paguem pelo conteúdo, como o YouTube, os patrocínios rendem um bom dinheiro.

Por fim, um editor de vídeo pode trabalhar ainda em projetos de festas e eventos que exigem um registro especial.

A pessoa que faz a captação não necessariamente é a mesma que edita, o que faz com que o editor não precise se deslocar para filmar um evento para ter trabalho.
Todas essas formas podem entrar tanto como uma renda extra quanto como o trabalho principal de uma pessoa.

E quando percebemos que é possível fazer grandes projetos com editores de vídeo simples, como o Filmora9, a ideia se torna ainda mais acessível.

Editor de vídeo se enquadra como MEI

Uma das vantagens para quem quer entrar para o ramo da edição de vídeo é a possibilidade de se enquadrarem no MEI – Micro Empreendedor Individual.

Essa categoria conta com benefícios previdenciários, além da isenção do imposto por serviço.

No caso dos editores de vídeo, as atividades permitidas dentro das regras do MEI vão desde a edição de filmes, até a inserção de legendas e efeitos especiais.

Com mais de 8 milhões de MEIs em todo o Brasil, estar enquadrado nessa categoria permite aceitar projetos de empresas e órgãos do governo que exigem a emissão de nota fiscal.

Como MEI, você também pode contratar um funcionário. Entretanto, é preciso ganhar no máximo R$ 81.000,00 por ano, já que acima desse valor a legislação impõe outras classificações.

Assim, quem começa uma carreira como editor de vídeo tem o amparo legal necessário para exercer suas atividades e ganhar dinheiro com isso.

Dica Extra do Jornal Contábil: MEI saiba tudo o que é preciso para gerenciar seu próprio negócio.  Se você buscar iniciar como MEI de maneira correta, estar legalizado e em dia com o governo, além de fazer tudo o que é necessário para o desenvolvimento da sua empresa, nós podemos ajudar. 

Já imaginou economizar de R$ 50 a R$ 300 todos os meses com contador e ainda ter a certeza que está fazendo suas declarações e obrigações de forma correta.

E o melhor é que você pode aprender tudo isso em apenas um final de semana. Uma alternativa rápida e eficaz é o curso MEI na prática. Trata-se de um curso rápido, porém completo e detalhado com tudo que um MEI precisa saber para ser autônomo e nunca mais passar por dificuldades ao gerir o seu negócio. 

Quer saber mais? Clique aqui e mantenha sua empresa MEI em dia!