Você sabe como calcular o Simples Nacional?

0

No conteúdo de hoje vamos explicar como calcular o Simples Nacional. Você sabe o que é? Antes de aprender a fazer o cálculo é necessário entender do que se trata, se  você quer estar por dentro do assunto clique ‘ aqui ‘ e confira na nossa página o que é simples nacional. Para você que já entende sobre o assunto, continue conosco e veja como realizar o cálculo deste regime. 

Cálculo Simples Nacional. 

Este regime é estabelecido no Brasil desde a Lei Complementar n ° 123, no ano de 2006. O objetivo deste regime é simplificar o cálculo e o pagamento dos impostos, através de uma só guia. 

Muitos empreendedores não sabem como realizar este cálculo, por ter menos afinidade com os números, pensando nisto, vamos começar pelo básico. Veja!

Para chegar ao valor do Simples Nacional é necessário considerar dois pontos: 

  1. Faturamento bruto da sua empresa;
  2. Alíquota efetiva que a sua empresa se encaixa. 

Descubra a receita bruta dos últimos 12 meses 

Primeiramente é necessário calcular a receita bruta total nos últimos 12 meses, o valor representa a soma de todas as entradas na sua empresa, ou seja, é necessário observar o faturamento bruto.  

Feito isto, localize a alíquota e a parcela a deduzir correspondente

O Simples Nacional tem um total de cinco anexos. 

Abaixo colocamos os links que vão diretamente no site do governo para você consultar os anexos. 

Veja! 

  1. Anexo I – Comércio
  2. Anexo II – Indústria
  3. Anexo III –  Locação de bens móveis e determinados serviços
  4. Anexo IV – Serviços citados no § 5º-C do art. 18 da Lei 155 
  5. Anexo V – Serviços citados no § 5º-I do art. 18 da Lei 155

Quando você consultar o seu anexo, logo é necessário localizar a alíquota e a parcela a deduzir da faixa da Receita Bruta Total. 

Fórmula do cálculo da alíquota efetiva do imposto

Com base nas nossas informações, vamos montar as fórmulas para calcular a alíquota efetiva do Simples Nacional. 

  •  Receita Bruta Total x Alíquota – Parcela a Deduzir / Receita Bruta Total.

Uma observação é que a parcela a deduzir você encontra no anexo da legislação. 

Valor do Simples Nacional a ser pago no mês 

Feito o que mencionamos acima, você encontrará a alíquota efetiva e com isto é possível calcular o Simples Nacional e chegar ao valor total de impostos no mês atual. 

Agora temos que multiplicar a alíquota efetiva pelo faturamento da empresa no mês. 

Estamos falando da Receita Bruta do mês, então ficará da seguinte forma: 

  • Receita Bruta do Mês x Alíquota efetiva.

Supondo a seguinte situação:

Uma empresa que tem a alíquota efetiva de 8,45%, terá o faturamento neste mês de R $39.558,27.

Logo ficará da seguinte maneira:

  • 39.558,27 x 8,45% = 3.342,67.

Pronto! Neste mês o total de impostos devido ao Simples Nacional é de R $3.342,67.

Dica Extra: Já imaginou aprender 10 anos de Prática Contábil em poucas semanas?

Conheça um dos programas mais completos do mercado que vai te ensinar tudo que um contador precisa saber no seu dia a dia contábil, como: Rotinas Fiscais, Abertura, Alteração e Encerramento de empresas, tudo sobre Imposto de Renda, MEIs, Simples Nacional, Lucro Presumido, enfim, TUDO que você precisa saber para se tornar um Profissional Contábil Qualificado.

Se você precisa de Prática Contábil, clique aqui e entenda como aprender tudo isso e se tornar um verdadeiro profissional contábil.

Por Laís Oliveira.