Você sabe o que é PIX parcelado? Ele vai substituir o cartão de crédito?

De acordo com o BC, esse formato, a empresa ou pessoa continua recebendo o pagamento integral de forma instantânea

Você já imaginou ser possível parcelar seus pagamentos via PIX? Saiba que o Banco Central (BC) vai tornar isso possível a partir de 2023. De acordo com a instituição, esse formato, a empresa ou pessoa continua recebendo o pagamento integral de forma instantânea, mas quem envia o dinheiro tem a opção de parcelar o valor pago.

Para o BC, essa nova opção não será considerada uma operação de crédito para o Banco Central, por isso é válida como meio de pagamento oficial somente entre as instituições financeiras. 

Pode ser uma boa opção para quem não tem cartão de crédito, já que a modalidade desconsidera a existência de um. Na verdade, seria um tipo de empréstimo pessoal. Atualmente, as taxas são a partir de 2,09% mensais. 

Porém, você deve tomar cuidado, isso porque algumas instituições financeiras e fintechs, já está oferecendo a modalidade, e como não há regras ainda definidas pelo Banco Central, ela determinam as taxas de juros que serão aplicadas

Como funciona essa forma de pagamento?

Não precisa quebrar muito a cabeça para usar o PIX parcelado. A modalidade é bem simples, basta você ter em mente que parte do pagamento será feito à vista e a outra parte será agendada, onde o desconto das parcelas será diretamente em sua conta. Neste caso, é necessário ter uma conta bancária e ter saldo para cobrir a parcela que deverá ser paga.

Uma vez feito o parcelamento do PIX não será possível cancelar o agendamento realizado antes. É neste momento que você deve ficar bem atento às regras de contratação de cada instituição financeira.

Por exemplo, se o cliente não tiver dinheiro em conta para quitação da parcela, o valor será debitado mesmo assim, seria como se o banco estivesse emprestando aquele valor para você. No entanto, a instituição irá aplicar as taxas de juros no valor que ela adiantou para você. 

Neste momento você deverá levar em conta se as taxas cobradas pelo banco será mais vantajosa do que uma cobrada pelo cartão de crédito. Isso porque em certas situações o cartão de crédito não oferece juros ao parcelar as compras.

Novas modalidades do PIX

Uma das novidades é o PIX Parcelado, que permite aos usuários parcelar os pagamentos via PIX, cujas regras ainda não foram determinadas pelo Banco Central.

Mas existem outras modalidades do PIX oferecidas pelo BC. O PIX Saque e o PIX Troco.

PIX Troco

Essa modalidade dá direito a você de conseguir dinheiro em espécie, mas, como o nome já diz, funciona como troco. Para isso, será necessário realizar uma transferência acima do valor no qual sua compra foi fechada para então receber o valor adicional. Por exemplo: você foi ao mercado e todos os produtos que escolheu ficaram por R$ 200,00; então, realizou uma transferência de R$ 250,00 para o local e o atendente irá lhe entregar o valor adicional de R$ 50,00 como um troco.

PIX Saque

Neste caso, você pode sacar um valor depois de enviar o dinheiro (via Pix) para um estabelecimento. É bem simples, você vai fazer uma compra, no entanto, a loja não aceita nem PIX e nem cartão de débito ou crédito. Você deverá ir a um estabelecimento que oferece o PIX Saque, e realizar a transferência e o valor em espécie lhe será entregue, 

Comentários estão fechados.