Todo empresário que realiza comercialização de produtos tem que saber o que é Sintegra.

O sistema tem como objetivo realizar uma comunicação de maneira integrada dos dados fiscais e tributários.

Ele controla todos os dados acerca de entradas e saídas interestaduais realizadas por contribuintes de ICMS.

Acompanhe agora o que é Sintegra, todas as suas especificações e como os contribuintes devem se adequar a tal obrigatoriedade.

O que é Sintegra?

Sintegra é a sigla para Sistema Integrado de Informações Sobre Operações Interestaduais com Mercadorias e Serviços. 

É um sistema central que engloba informações dos contribuintes e realiza a sua comunicação para os fiscos de cada estado. 

A partir deste sistema o contribuinte de ICMS podem emitir NFe e assim estar de acordo com as especificações da SEFAZ e da Receita Federal.

Desta forma a fiscalização dos processos fiscais são realizadas de maneira mais correta e ágil.

Em um resumo geral é por meio do Sintegra que as empresas possuem seus dados sempre em dia com os órgãos responsáveis.

Isto também, para que as empresas possam realizar o comercialização de seus produtos e posteriormente a emissão de notas.

Objetivo do sistema

O objetivo do sistema Sintegra é de realizar a integração das informações de entradas e saídas da empresa.

Tudo isto documentado por meio da emissão de Notas Fiscais Eletrônicas do negócio.

Dessa forma o governo consegue realizar uma unificação das informações de compra e venda das empresas em todos os estados brasileiros.

A partir disso pode se realizar um controle mais apurado não só do comércio de mercadorias, como da prestação de serviços empresariais.

Ou seja, a partir do envio e processamento das informações a empresa pode realizar a emissão de Nota Fiscal Eletrônica – NFe.

Todos os contribuintes usuários do Sistema Eletrônico de Processamento de Dados devem fornecer um documento às administrações tributárias dos estados.

Tal documento deve conter os dados referentes a todas as operações de compra e venda e/ou prestação de serviços tanto internas quanto interestaduais.

Ele deve então ser processado por meio de um arquivo validado em meio magnético.

Como utilizar e aderir ao Sintegra?

Como dito, o Sintegra é obrigatório para todas as empresas que realizam a comercialização de produtos e prestação de serviços. 

E que além disso, realizam a escrituração em livros fiscais por meio do sistema eletrônico de dados.

Para realizar a adesão ao sistema é preciso acessar o site do sistema e acessar o programa validador do Sintegra

Este programa é disponibilizado pela Secretaria da Fazenda de cada estado onde a empresa desempenha este trabalho.

No primeiro acesso, o contribuinte tem todas informações sobre o seu CNPJ e assim realizar a solicitação de integrar o Sintegra.

O arquivo que deve ser enviado aos fiscos estaduais pode ser gerado por um aplicativo de terceiros e somente ser validado por meio programa oficial.

Críticas ao sistema

Por mais que o Sintegra busque oferecer unificação dos dados e melhoria no processamento de dados empresariais, ele possui algumas críticas. 

Muitas pessoas veem o sistema como uma obrigação a mais que dará muito trabalho para o empreendedor.

Além também de ser considerado uma burocratização a mais para os governos estaduais e fiscos.

Contudo, o processo pode ser uma burocracia, mas de certa forma garante segurança e organização.

Benefícios de utilização do Sintegra

São diversos os benefícios de utilizar o Sintegra, tanto para o contribuinte como para o Governo e os clientes, veja-os a seguir:

  • A empresa garante segurança para as transações comerciais;
  • Os fiscos e Secretarias da Fazenda estaduais têm melhor e facilitado acesso às informações das empresas;
  • Melhor organização fiscal e administrativa do negócio;
  • Unificar os dados da empresa para informação do governo;
  • A utilização do Sintegra garantem a emissão de NFe dos negócios.

Estes entre outros benefícios são sentidos de forma direta e indireta tanto nos negócios, como no governo e em tudo.

Software de gestão fiscal com Sintegra

Soften Sistemas além de contar com emissores fiscais de qualidade, possui técnicos específicos para gerar e enviar o arquivo Sintegra.