Você sabe qual é o prazo para receber o benefício após a perícia médica do INSS?

0

Na matéria de hoje vamos falar sobre o prazo para receber o benefício do INSS após a perícia médica do INSS.

Em certos casos os segurados precisam esperar até por meses para que a perícia seja realizada pelo INSS.

Continue conosco e fique por dentro do assunto. 

Na maioria das vezes acontece das perícias atrasam por falta de peritos-médicos suficientes para atender a fila de segurados doentes. 

Prazo estipulado por LEI

De acordo com o Tribunal Regional, o INSS tem o prazo de 45 dias para realizar suas perícias médicas, se este prazo for descumprido o benefício deverá ser concedido automaticamente ao segurado. 

fonte: google
fonte: google

Entende-se que em casos em que o benefício for requerido por incapacidade, o principal é a verba alimentar, o entendimento é que, um trabalhador incapacitado não tem condições para exercer suas atividades laborais e consequentemente colocar em risco à própria sobrevivência do trabalhador. 

Entendimento do Tribunal Regional 

De acordo com o TRJ, o entendimento é que o segurado doente não pode ser desamparado e prejudicado pela demora do INSS em realizar o exame médico. 

Por isso é dever do INSS, obrigação respeitar o princípio da eficiência e da razoabilidade, cumprir o prazo de 45 dias.

Pois se ultrapassar esse período o cidadão pode recuperar sua incapacidade e deixar de receber as parcelas a que tem direito. 

Dica Extra do Jornal Contábil: Compreenda e realize os procedimentos do INSS para usufruir dos benefícios da previdência social. 

Já pensou você saber tudo sobre o INSS desde os afastamentos até a solicitação da aposentadoria, e o melhor, tudo isso em apenas um final de semana? Uma alternativa rápida e eficaz é o curso INSS na prática

Trata-se de um curso rápido, porém completo e detalhado com tudo que você precisa saber para dominar as regras do INSS, procedimentos e normas de como levantar informações e solicitar benefícios para você ou qualquer pessoa que precise. 

Não perca tempo, clique aqui e domine tudo sobre o INSS.

Por Laís Oliveira