Você sabia que pode Aumentar o valor da sua Aposentadoria?

A tão sonhada aposentadoria, enfim, chegou. Contudo, ao invés de ser um sonho maravilhoso pode se tornar um pesadelo. Isso porque o valor do benefício que a expectativa seria de um valor “x” acaba sendo bem inferior ao esperado.

Mas para isso há uma documentação que poderá ajudar a elevar o valor do benefício ou até mesmo para aqueles que vão dar entrada no pedido. Contudo, sempre lembrando, que é preciso comprovação de todas as contribuições realizadas. Alguns documentos também podem comprovar valores maiores do que os que estão no Cadastro Nacional de Informações Sociais (CNIS).

Atualização no cadastro no CNIS

Não é raro que o Cadastro Nacional de Informações Sociais (CNIS) contenha informações desatualizadas, constando valores menores do que aqueles que são de direito do segurado. Isto ocorre porque, muitas vezes, um ou mais empregadores deixam de repassar os devidos valores referentes às contribuições do INSS. 

Em face disso, o segurado pode aumentar o valor da aposentadoria, apresentando documentação e atualizando seus dados. Quem já está aposentado, pode pedir uma revisão ao INSS, ou entrar com uma ação na justiça exigindo a correção. Tudo, claro, devidamente documentado para ter base no pedido.

Documentos que elevam a aposentadoria

Se os dados carecem de atualização ou seja detectada a falta de informações, o segurado precisa reunir os seguintes documentos que podem comprovar a condição para o aumento no valor do benefício.Confira alguns documentos recomendados ao exigir a devida correção de valores:

  • Carteira de Trabalho: se atualizada devidamente, nela constará todos os salários e mudanças de valores, além de estar assinada pelo empregador, também pode ser usado a versão digital;
  • Holerite (contracheque): nele constará tudo que está sendo pago ou descontado (Contribuições, abonos e impostos são encontrados no documento);
  • Extrato do FGTS: no conta do fundo é depositado pelo empregador uma porcentagem do salário bruto do funcionário, (de direito a todos os trabalhadores formais);
  • RAIS: na Relação Anual de Informações Sociais, comprova-se tempo de contribuição para a aposentadoria; 
  • Ficha de finanças da empresa: em vista que na ficha constam os gastos com o salário de empregados, está também pode ser uma boa alternativa de documento;
  • Caged: assim como Rais, este documento também é uma fonte para comprovação do tempo de serviço. 

Algumas circunstâncias que podem aumentar sua aposentadoria

Conheça também algumas situações muito importantes que podem aumentar o valor da sua aposentadoria e talvez seja desconhecida.

  • Revisão do tempo de contribuição para quem já foi servidor público: O segurado que trabalhou vinculado a um Regime Próprio de Previdência Social, com a apresentação de Certidão de Tempo de Contribuição, conseguem averbar o período no INSS. Caso não exercido de forma concomitante isso poderá elevar o tempo total de contribuição podendo resultar no aumento do valor do benefício.
  • Ação trabalhista: Caso o segurado tenha ganho alguma ação trabalhista, onde foi reconhecido o vínculo de trabalho ou acréscimos salariais após a concessão da aposentadoria, é possível solicitar a revisão para adicionar esse período ao benefício.
  • Tempo especial: Essa situação é específica para aqueles que trabalharam por um período de tempo com substâncias nocivas à saúde (como ruído e produtos químicos) pode calcular esse tempo de maneira especial. Para comprovar este período é necessário apresentar o Perfil Profissiográfico Previdenciários (PPP) emitido pelo empregador.
  • Aluno aprendiz: Os segurados que foram aprendizes em escolas industriais ou técnicas e escolas profissionais administradas por empresas ferroviárias podem contar esse tempo para o cálculo dos benefícios. Também se faz necessária a apresentação do certificado de aprendizagem, comprovativo de tempo de contribuição ou certificado escolar emitido pela instituição de ensino.
  • Tempo de serviço militar: Os segurados que prestaram serviço militar também podem incluir esse tempo, e precisam apresentar atestado de reserva, atestado expedido pelo Exército, Marinha ou Aeronáutica, ou ainda, atestado de tempo de contribuição expedido pela União, estado ou município.

De posse destas informações, se você se encaixa em algum destes perfis ou está com seus dados desatualizados, corra para reunir toda documentação ou realizar a correção dos dados. Desta forma, poderá ver o valor da sua aposentadoria aumentar e finalmente poder gozar a vida com um pouco mais de tranquilidade.

Dica Extra do Jornal Contábil: Compreenda e realize os procedimentos do INSS para usufruir dos benefícios da previdência social. 

Já pensou você saber tudo sobre o INSS desde os afastamentos até a solicitação da aposentadoria, e o melhor, tudo isso em apenas um final de semana? Uma alternativa rápida e eficaz é o curso INSS na prática

Trata-se de um curso rápido, porém completo e detalhado com tudo que você precisa saber para dominar as regras do INSS, procedimentos e normas de como levantar informações e solicitar benefícios para você ou qualquer pessoa que precise. 

Não perca tempo, clique aqui e domine tudo sobre o INSS.

ANA LUZIA RODRIGUES

Comentários estão fechados.