3 direitos que hipertensos tem e não sabem

Os cidadãos com pressão alta também podem garantir alguns direitos importantes que muitas vezes, devido à falta de informação, acabam não se beneficiando de um direito que pode ser garantido. Conheça 3 deles agora:

Imagens por Freepik

Sublinhado rabiscado 2
Sublinhado rabiscado branco

O SUS oferece gratuitamente medicamentos nas UBS e pelo programa Farmácia Popular. A retirada dos medicamentos pode ser feita apresentando um documento de identidade oficial com foto e a receita médica no prazo de validade (120 dias).

Medicamento gratuito

Explodir com seta

1

A receita pode ser emitida tanto pelo profissional do SUS quanto por um médico que atenda em hospitais ou clínicas médicas privadas.

Sublinhado rabiscado 2
Sublinhado rabiscado branco

Se trabalhador precise de algum período específico de tratamento, em que, fique claro para o INSS que o mesmo não pode continuar trabalhando por um período de tempo superior a 15 dias, é possível recorrer ao auxílio-doença. É necessário cumprir os seguintes requisitos:

Auxílio-doença

Explodir com seta

2

1. Carência mínima de 12 meses: tempo mínimo pagando o INSS para ter direito a pedir Auxílio-Doença; 2. Incapacidade laboral: não poder trabalhar na sua função.

Sublinhado rabiscado 2
Sublinhado rabiscado branco

Caso se enquadre nos requisitos será necessário agendar uma perícia médica ao INSS, onde o trabalhador passará por uma perícia médica para comprovar a situação.

Para mais chances de êxito nesse processo, é importante apresentar documentos como:

Atestados médicos; Exames; Laudos; Relatórios; Entre outros documentos que comprovem a condição.

Sublinhado rabiscado 2
Sublinhado rabiscado branco

A hipertensão muitas vezes está ligada a uma cardiopatia, dessa forma, conforme a Lei 7.713/88 o portador de cardiopatia grave pode pleitear o benefício da isenção do Imposto de Renda.

Isenção do IR

Explodir com seta

3

As condições mais comuns encontradas no que se refere às cardiopatias graves são arritmias, insuficiência cardíaca, hipertensão arterial, insuficiência coronariana, cardiopatia isquêmica.

Sublinhado rabiscado 2
Sublinhado rabiscado branco

Dessa forma, a cardiopatia grave dá direito a isenção do Imposto de Renda, mas lembre-se, deve ser uma cardiopatia grave. Assim, se o laudo médico não atestar que a cardiopatia é grave, não haverá direito ao benefício.