Sublinhado rabiscado

Direitos de quem pede demissão e de quem é demitido?

Os direitos de quem pede demissão é bem diferente do trabalhador que é demitido. Assim como também as regras que a empresa precisa cumprir nos dois casos citados. 

Sublinhado rabiscado

Direitos do trabalhador que pede demissão

Neste caso, o empregador pode descontar o cumprimento do aviso prévio da conta rescisória ou pode fazer um acordo com o trabalhador para que ele realize os trinta dias de aviso prévio.

Sublinhado rabiscado

Neste caso, o empregador pode descontar o cumprimento do aviso prévio da conta rescisória ou pode fazer um acordo com o trabalhador para que ele realize os trinta dias de aviso prévio.

Sublinhado rabiscado

Já o trabalhador deverá comunicar a empresa que deseja sair, dando o aviso prévio, também deverá informar se irá cumprir o aviso prévio ou se desligará antes do fim do prazo.

Sublinhado rabiscado

Será de direito do trabalhador que pede demissão, receber as férias vencidas e proporcionais, acrescidas do terço constitucional, além do 13º salário proporcional. Entretanto, ele perderá o direito ao FGTS e à multa de 40% em cima desse valor.

Sublinhado rabiscado

A retirada do FGTS para o trabalhador que pediu demissão só será autorizado em caso de doença, para comprar um imóvel ou poderá retirar o valor total do fundo depois de três anos sem registro de carteira assinada ao pedir demissão também perde o seguro-desemprego.

Sublinhado rabiscado

Direitos do trabalhador demitido pelo empregador

Nos casos onde o trabalhador é demitido pela empresa onde trabalha, existem duas situações: demissão sem justa causa ou por justa causa.

Sublinhado rabiscado

Demissão por justa causa

A demissão por justa causa acontece quando a empresa percebe que o trabalhador cometeu uma falta grave. Isso impedirá que ele tenha alguns direitos como as férias proporcionais e o 13º salário proporcional.

Sublinhado rabiscado

As férias vencidas serão recebidas com o terço, de forma indenizada. No caso de justa causa, o trabalhador recebe o saldo do salário, que corresponde aos dias trabalhados no mês da rescisão. Neste caso, o trabalhador também não terá direito ao seguro-desemprego.

Sublinhado rabiscado

Demissão sem justa causa

Quando a empresa demite o seu colaborador sem justa causa, o trabalhador terá direito a uma série de benefícios.

Sublinhado rabiscado

Ao demitir o empregado sem justa causa, a empresa deverá informá-lo se deseja que ele cumpra o aviso prévio ou não. Caso a empresa decida pela dispensa imediata, deverá pagar ao trabalhador o salário referente aos dias em que ele exerceu suas atividades.

Sublinhado rabiscado

No caso onde a empresa decida que o trabalhador deverá cumprir o aviso prévio, o empregado deve receber pelos dias trabalhados.

Sublinhado rabiscado

Será também de direito do trabalhador: férias vencidas, férias proporcionais e um terço das férias vencidas e proporcionais, além do 13º salário proporcional, FGTS e a multa rescisória de 40% em cima do FGTS.

Sublinhado rabiscado

Nos casos de demissão sem justa causa, o empregado receberá o seguro-desemprego por até cinco meses, proporcional ao período que foi trabalhado.