A prefeitura de Sorocaba quer que os moradores também sejam fiscais de trânsito. Desde a última sexta-feira (30/12), moradores da cidade podem “dedurar” infrações de trânsito via Whatsapp. O sistema funciona da seguinte maneira: uma pessoa flagra o infrator, registra o ocorrido com foto, vídeo, áudio ou texto e envia pelo aplicativo para o número da Urbes, a empresa municipal de trânsito.

A mensagem serve como um alerta para os agentes de trânsito. Vale dizer que a prefeitura não é autorizada a multar sem que a infração seja confirmada. Os agentes de trânsito verificarão pelas câmeras de videomonitoramento ou enviarão um fiscal ao local para checar se a denúncia procede. Caso seja constatado a irregularidade, o infrator poderá ser autuado pelo agente de trânsito.

De acordo com o jornal Estado de S. Paulo, até terça-feira (4), a Urbes recebeu 145 denúncias, que resultaram em sete autuações feitas pelos agentes. A infração mais denunciada foi de veículos estacionados em local irregular.

O objetivo da ação, de acordo com Luiz Alberto Fioravante, secretário de Mobilidade e Acessibilidade, é educar os motoristas. “Queremos coibir infrações, mesmo que pequenas, pois elas podem causar grandes transtornos como acidentes e até mortes no trânsito.”

A ideia surgiu do Juiz de Direito da 1a Vara Criminal de Sorocaba, Dr. Jayme Walmer de Freitas, que solicitou o apoio da Prefeitura e da Polícia Militar para colocar a ferramenta em prática.

Fonte: Revista Autoesporte

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.