var _comscore = _comscore || []; _comscore.push({ c1: "2", c2: "14194541" }); (function() { var s = document.createElement("script"), el = document.getElementsByTagName("script")[0]; s.async = true; s.src = (document.location.protocol == "https:" ? "https://sb" : "http://b") + ".scorecardresearch.com/beacon.js"; el.parentNode.insertBefore(s, el); })();

77% dos brasileiros não estão satisfeitos com suas marcas favoritas

Consumidores afirmam que as lojas físicas dominam a arte da fidelização melhor do que as lojas online.

Compartilhe
PUBLICIDADE

A fidelização de clientes vai além de conseguir com que eles façam compras recorrentes, já que tem como principal objetivo a sua satisfação.

Um cliente feliz (ou irritado) vai gritar aos 4 ventos sua experiência, vai deixar um comentário/review sobre isso; seja nas redes sociais ou para amigos e família.

Um ato que, inevitavelmente, afetará a batalha constante para conquistar novos clientes.

De acordo com pesquisa realizada pelo Tiendeo.com.br, empresa líder em ofertas e promoções, 77% dos brasileiros admitem ter ficado decepcionados com uma de suas marcas ou lojas favoritas por não atender às suas expectativas.

A eterna pergunta: Como fidelizar o cliente?

Existem tantas alternativas e táticas para fidelizar o cliente que as empresas também se perguntam: qual será a mais eficaz? Do ponto de vista dos consumidores, o reembolso das compras que fizerem é a forma mais eficaz de conquistá-los, conforme afirmam 41% das pessoas que participaram da pesquisa.

Descontos em produtos ou atividades de entretenimento como shows, eventos esportivos ou acesso VIP a experiências exclusivas motivam de forma especial a 30% dos entrevistados.

A plataforma revela outra descoberta importante: no auge do e-commerce, apenas 14% são a favor do frete grátis contra 13% dos consumidores que continuam em busca das melhores promoções.

Finalmente, apenas 2% escolheram os prêmios como uma forma útil de fidelidade.

A correta aplicação dessas ações de fidelização deve se basear no canal e nas características de cada categoria. Assim, 42% dos consumidores brasileiros afirmam que ir direto às lojas físicas é garantia de satisfação, pois sabem melhor do que ninguém como merecer sua fidelidade.

Enquanto 25% dos entrevistados consideram que nas lojas online encontram bons motivos para se manterem fiéis e 33% reconhecem o esforço realizado por ambos os canais com ações de fidelização.

Na pesquisa, os brand lovers também se destacaram, expressando o forte vínculo afetivo que estabeleceram com supermercados, itens de tecnologia e, claro, moda como as categorias às quais são mais fiéis.

A fórmula mágica: Atendimento ao cliente

Se existe uma fórmula que funciona para todos os setores, é, sem dúvida, cuidando do atendimento ao cliente. Ouvir, atender e resolver não só os problemas, mas também as preocupações dos consumidores é uma das formas mais eficazes de retê-los.

A pesquisa realizada pelo Tiendeo indica que para 48% dos brasileiros a atenção dedicada ao cliente é o fator que determina em qual marca ou loja depositarão sua confiança e fidelidade.

Na mesma linha, 18% dizem que valorizam o acompanhamento e a comunicação após a compra.

Em tempos de crise como a que vivemos, baixar os preços é uma prática comum para tentar fidelizar e atrair novos clientes, no entanto, para surpresa de muitos, 15% dos consumidores indicam que o preço é decisivo para ser fiel a uma marca

Com ofertas e promoções constantes, outros 13% irão dedicar sua fidelidade enquanto 6% serão conquistados por meio de programas de fidelidade.

Pesquisa digital incorporada à plataforma Tiendeo na primeira semana de setembro, contando com cerca de 800 respostas fornecidas por usuários do Tiendeo residentes no Brasil.

***

Sobre o Tiendeo

Desde o início do Tiendeo em 2011, os três fundadores trabalharam para formar uma equipe multidisciplinar, jovem e igualitária em todos os seus escritórios. Tanto é que, apesar de ser uma empresa de tecnologia (setor que tem menos presença de profissionais do sexo feminino), cerca de metade do quadro de funcionários é formado por mulheres, e esse número sobe para 65% quando se trata de cargos gerenciais.

A empresa continua fortalecendo os departamentos comercial e de tecnologia com o objetivo de consolidar sua presença nos principais mercados e continuar crescendo no ritmo que tem feito até agora.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar consulte Mais informação

Jornal Contábil