Auxílio Emergencial de R$ 1.200: mães menores de idade já podem solicitar o benefício

0

A Caixa Econômica Federal (CEF), informa que mães que sejam menores de 18 anos vão poder pedir o Auxílio Emergencial. Para isso, as mulheres deverão compor núcleo familiar com no mínimo dois membros, incluindo elas próprias.

A solicitação do auxílio vai poder ser feito através do site auxilio.caixa.gov.br e também sendo possível pelo aplicativo do programa. Depois que o pedido for realizado, os dados ao serem enviados para a Dataprev, passará por uma análise.

Você poderá acompanhar o pedido pelo aplicativo ou pelo site da CEF. Você estando dentro das regras exigidas para receber o auxílio, terá seu cadastro aprovado e receberá o valor de R$ 1.200.

Até a sexta-feira, (25), a Caixa já havia pago cerca de 58,6 milhões de brasileiros inscritos, ou seja, R$ 76,6 bilhões em Auxílio Emergencial. Isso porque já começou a ser pago a segunda parcela de R$ 600.

Segundo a Caixa, já foi feito 108,5 milhões de pagamentos.

Quem pode receber o Auxílio Emergencial?

Sendo destinado para ajudar financeiramente os trabalhadores informais, microempreendedores individuais (MEI), autônomos e desempregados durante o período de duração da pandemia do novo coronavírus.

Esse grupo recebe o valor de R$ 600 por três meses. Sendo que somente duas pessoas da mesma família podem receber o benefício.

As mulheres que comprovarem que são chefes de família e não possui nenhuma ajuda nas despesas da casa, receberão o valor de R$ 1.200 por três meses.

Para quem está inscrito no Cadastro Único (CadÚnico) até o dia 20 de março e que cumpriram as regras do Programa, vão receber sem precisar realizar um cadastro através do site da Caixa.

bolsa familia

Para os beneficiários do Bolsa Família também será possível solicitar o auxílio de R$ 600, sendo que o auxílio deverá ser mais vantajoso que o Bolsa Família.

Quem não estava inscrito no Cadastro Único até 20 de março, mas, tem direito ao auxílio vão poder fazer a solicitação através do site auxílio.caixa.gov.br ou pelo aplicativo Caixa Auxílio Emergencial.