Banda larga no Brasil melhora 105% entre 2021 e 2022, confira!

Plataforma Minha Conexão analisou testes de velocidade de internet do primeiro semestre de cada ano no país

Compartilhe
PUBLICIDADE

A velocidade média de internet do Brasil aumentou de 55.18 Mbps para 113.55 Mbps entre o primeiro semestre de 2021 e o mesmo período em 2022, o equivalente a uma melhora de 105,78% na banda larga nacional, segundo o site Minha Conexão. Os dados fazem parte do novo levantamento comparativo feito pela plataforma, que teve como base os testes de velocidade de internet realizados gratuitamente no medidor entre janeiro e junho de 2021 e o mesmo período em 2022, em território brasileiro.

Gerente de produto do Minha Conexão, Alexandre Martins diz que o avanço na qualidade de internet no país é consequência dos recentes investimentos em infraestrutura e tecnologia nos estados. “O Brasil está começando a entender que o acesso a uma boa conexão de internet é fundamental para garantir o desenvolvimento nacional em um mundo conectado. O aumento dos investimentos em tecnologia reforçam quão relevante isso é para o futuro, até para que possamos acompanhar estruturalmente novidades como 5G e metaverso”, afirma.

Fonte: Divulgação

Assim como no primeiro semestre de 2021, o Centro-Oeste foi classificado como a melhor internet do Brasil no período de janeiro a junho de 2022, com velocidade média de 143.48 Mbps. O que chama a atenção, no entanto, é que a conexão da região não só melhorou, como  indicou um crescimento de 122,52% na qualidade da banda larga: em 2021, o Centro-Oeste tinha velocidade média de 64.48 Mbps.

Fonte: Divulgação

No que diz respeito aos estados, o Piauí apareceu novamente em 1° lugar no ranking estadual, mas com uma diferença de velocidade de cerca de 100 Mbps entre um ano e outro. Em 2021, o estado nordestino havia registrado conexão média de 88.40 Mbps, enquanto em 2022 apresentou velocidade de 189.96 Mbps, cerca de 115% maior do que no ano anterior.

O panorama nacional de qualidade de internet revelou melhora significativa na banda larga das regiões do Brasil. Se em 2021 todos os 27 estados mostraram médias de conexão inferiores a 100 Mbps, em 2022, apenas oito deles tiveram velocidades abaixo deste valor de referência. Apesar de Bahia, Sergipe e Alagoas continuarem como as piores colocações da lista, os três também registraram conexão dobrada.

Confira o ranking dos estados com internet mais rápida no primeiro semestre de 2022:

Piauí: 189.96 Mbps

Mato Grosso: 166.64 Mbps

Goiás: 160.94 Mbps

Acre: 141.52 Mbps

Distrito Federal: 130.31 Mbps

Rondônia: 128.55 Mbps

Rio de Janeiro: 120.99 Mbps

Roraima: 120.74 Mbps

São Paulo: 120.16 Mbps

10° Amapá: 119.19 Mbps

11° Minas Gerais: 118.40 Mbps

12° Mato Grosso do Sul: 116.05 Mbps

13° Amazonas: 113.24 Mbps

14° Rio Grande do Sul: 112.24 Mbps

15° Santa Catarina: 110.12 Mbps

16° Paraná: 109.27 Mbps

17° Ceará: 105.42 Mbps

18° Maranhão: 102.28 Mbps

19° Espírito Santo: 101.33 Mbps

20° Tocantins: 99.77 Mbps

21° Pará: 96.25 Mbps

22° Rio Grande do Norte: 89.85 Mbps

23° Paraíba: 88.54 Mbps

24° Pernambuco: 82.66 Mbps

25° Bahia: 76.93 Mbps

26° Sergipe: 74.65 Mbps27° Alagoas: 69.88 Mbps

Disponível nas versões web e mobile, o Minha Conexão é hoje um dos maiores medidores de velocidade de internet do país.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar consulte Mais informação