Cartão de crédito: pagar o mínimo da fatura vale a pena?

O cartão de crédito pode ser um ótimo aliado, desde que você seja uma pessoa controlada

O cartão de crédito tem sido a salvação de muita gente que nem sempre está com dinheiro na carteira quando vai ao supermercado ou a outros estabelecimentos. Principalmente quando precisa comprar certos produtos que estão com preços acima do normal e ao parcelar no cartão pode ficar mais caro ainda.

O cartão de crédito pode ser um ótimo aliado, desde que você seja uma pessoa controlada. Muitas pessoas acabam se descontrolando no uso do cartão e complicando sua vida financeira.

E o choque é maior quando chega a fatura! O valor veio com um valor superior ao que você estava acostumado a pagar. Toda fatura de cartão de crédito permite que o consumidor escolha se deseja pagar o valor máximo ou mínimo.

Pagar o mínimo da fatura do cartão pode ser benéfico ou bagunçar ainda mais a sua vida?

Vale a pena pagar o mínimo da fatura do cartão?

Muitas pessoas que estão com o dinheiro contado vão acabar preferindo pagar o valor mínimo da fatura do cartão.

No entanto, ao pagar o valor mínimo significará que a fatura não foi totalmente quitada. Saiba que todo o valor que você deixar de pagar nesse mês será cobrado no próximo, e claro, com a inclusão de juros. Lembrando que  ainda terá o peso das compras do mês seguinte.

Quando você escolhe pagar o mínimo da fatura do cartão, ela entra no chamado crédito rotativo, em que juros passam a ser cobrados sobre o valor restante da fatura.

Sem falar que o pagamento mínimo vai comprometer o limite do cartão, isso porque, os bancos só liberam crédito referente à parte da fatura que foi paga.

Você vai acabar percebendo quando receber a próxima fatura, que o valor em aberto pode ficar próximo ao que estava antes, gerando a sensação de que não adiantou ter pago ele.

Qual o melhor caminho?

Na verdade, não é bom negócio você pagar o mínimo da fatura do seu cartão de crédito. Os juros que serão cobrados na fatura seguinte vão complicar ainda mais sua situação.

Entretanto, pagando o valor mínimo da fatura do cartão de crédito, você evita que seu nome seja negativado pela falta de pagamento.

Uma ótima saída, é você tentar parcelar o cartão de crédito, o parcelamento possui taxa de juros fixa e inferior ao do crédito rotativo.

Sendo feito o parcelamento do cartão, o saldo ficará bloqueado, sendo liberado gradativamente, mediante o pagamento das parcelas.

Muitas instituições financeiras oferecem a possibilidade de antecipar as parcelas a fim de quitá-las de uma vez, o que reduzirá a taxa de juros e acaba sendo uma boa opção para controlar os gastos.

Comentários estão fechados.