Cofins – STJ aplica decisão do Supremo

0
A 1ª Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) já começou a aplicar a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) que afastou o ICMS da base de cálculo do PIS e da Cofins. Por maioria, os ministros resolveram seguir a repercussão geral. A Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN) pretende recorrer.
O Supremo decidiu em março que o ICMS não pode compor a base de cálculo do PIS e da Cofins. Por enquanto, o acórdão não foi publicado e ainda pode haver modulação da decisão – indicação de limite temporal.
Na sessão em que o STF julgou a tese, a presidente da Corte, ministra Cármen Lúcia, não aceitou o pedido de modulação da PGFN, pois não havia sido feito no processo, apenas na sessão. Mas a procuradoria informou que vai apresentar o pedido em recurso (embargos).
Mesmo assim, na sessão de ontem da 1ª Turma, o ministro Napoleão Nunes Maia Filho levou para julgamento processos sobre o tema e propôs que a repercussão geral fosse seguida. Para o ministro, ela teria validade a partir de sua proclamação e já poderia ser aplicada aos demais processos. O voto foi acompanhado pelos ministros Regina Helena Costa e Benedito Gonçalves. Os ministros Sérgio Kukina e Gurgel de Faria ficaram vencidos.
A decisão do STF é contrária ao posicionamento que a 1ª Seção do STJ fixou em recurso repetitivo em 2016. Napoleão era o relator sobre o tema na época, mas ficou vencido, por defender a impossibilidade de inclusão do ICMS. Prevaleceu o voto do ministro Mauro Campbell Marques, que integra a 2ª Turma do STJ.
Hoje foi a primeira vez que o STJ julgou o assunto após decisão do STF, segundo a advogada Cristiane Romano, do Machado Meyer Advogados. Cristiane concorda que a repercussão geral já deve ser aplicada. “A decisão [do STJ] dá um norte de como o Judiciário deve aplicar o precedente”, disse.

 

A coordenadora da atuação judicial da PGFN no Superior Tribunal de Justiça, Lana Borges, afirmou que irá recorrer da decisão.
Via Valor Econômico

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.