var _comscore = _comscore || []; _comscore.push({ c1: "2", c2: "14194541" }); (function() { var s = document.createElement("script"), el = document.getElementsByTagName("script")[0]; s.async = true; s.src = (document.location.protocol == "https:" ? "https://sb" : "http://b") + ".scorecardresearch.com/beacon.js"; el.parentNode.insertBefore(s, el); })();

Como alterar conta para restituição do IRPF: guia prático

Erros de digitação ou incoerência nos dados bancários podem impedir o ressarcimento de parte do seu Imposto de Renda na data certa.

Compartilhe
PUBLICIDADE

Se você errou os dados do banco por um descuido na hora de enviar sua declaração deste ano, fique tranquilo(a)!

Dá para alterar a conta para restituição online, pelo Centro Virtual de Atendimento da Receita Federal (Portal e-CAC).

Essa situação é tão comum que a própria Receita já disponibiliza meios de ajudar quem informou a conta errada para restituição do Imposto de Renda.

E o máximo que acontecerá é o dinheiro voltar para você nos chamados lotes residuais, pagos depois dos normais.E não são só os erros de digitação que tornam necessárias as alterações.

É possível alterar a conta indicada para o crédito da restituição do IR?

Sim! E, na maioria das vezes, você nem precisa sair de casa para isso!

Quer saber como alterar a conta para restituição do Imposto de Renda? Basta acessar o Portal e-CAC, entrar no sistema Meu Imposto de Renda, na seção Restituição, clicar em Consultar e em Alterar Conta para Crédito de Restituição.

Caso exista alguma incoerência nas informações de conta registradas na declaração, o status de restituição do Imposto de Renda no portal e-CAC pode ser atualizado pelo próprio Fisco para “aguardando reagendamento pelo contribuinte”.

Se isso acontecer, será preciso alterar os dados bancários para pagamento da restituição. Saiba agora como fazer a alteração e garantir o reagendamento!

Leia também: Não Recebeu A Restituição Do IR? Veja Se Caiu Na “Malha Fina”.

Como reagendar a restituição do Imposto de Renda?

Primeiro, busque identificar qual é o motivo do não recebimento dos valores devidos no destino indicado inicialmente.

A incoerência pode estar relacionada à menção de uma conta de não titularidade do contribuinte, a uma conta encerrada ou, simplesmente, a alguma falha humana.

Confira, agora, a maneira mais adequada de prosseguir conforme cada situação.

Se o número da conta foi digitado errado

Erros de digitação acontecem, e são uma das maiores causas de alteração nos dados declarados ao Leão. Nesta situação, o passo a passo para solucionar a questão é simples!

  • Acesse o Portal e-CAC com seu login e senha.
  • No menu, clique em “Declarações e Demonstrativos”.
  • Entre em “Meu Imposto de Renda (Extrato DIRPF)”.
  • Selecione “Restituição”.
  • Escolha o ano da declaração de IRPF que você deseja consultar.
  • Clique em Alterar Conta para Crédito de Restituição.
  • Insira os dados bancários corretamente.

É interessante revisar as informações com atenção antes de concluir o reenvio, para não arriscar repetir o mesmo erro duas vezes.

Leia também: Como Funcionam E Como Declarar Os Rendimentos Do Exterior No IRPF 2023

Se a conta informada foi encerrada

Se por algum motivo o contribuinte ou a instituição bancária encerrarem a conta informada para recebimento da restituição, o crédito fica impedido de “cair” até que uma conta regular seja informada.

Mas por que isso aconteceria? Bancos têm o dever de fechar as contas das pessoas se elas fornecerem informações irregulares ou se seu CPF estiver suspenso, cancelado ou nulo e sem regularização adequada.

Enfim, existem três caminhos possíveis.

Acessar o Portal e-CAC e seguir o protocolo de alteração de dados bancários para a restituição.

Aguardar a liberação da restituição e, nesse momento, entrar em contato por telefone com a Central de Atendimento do Banco do Brasil.

Retificar a sua declaração e corrigir as informações bancárias indicadas nela.

Em alguns casos, a retificação é a única forma de evitar cair na malha fina fiscal e ser convocado pelo Fisco para maiores esclarecimentos.

Ainda assim, vale lembrar que, como a declaração retificadora substitui integralmente a declaração original, a data do último envio passa a contar como a data de entrega do documento, gerando um possível atraso no pagamento da restituição.

A restituição foi liberada, a conta está certa, mas o dinheiro não caiu?

Leia também: Veja Como Saber O Valor Da Restituição Do Imposto De Renda 2023

Quando, aparentemente, não há erro nos dados, mas o valor da restituição ainda não foi creditado, é preciso ligar para a Central de Atendimento do Banco do Brasil — que fica com o dinheiro no primeiro ano após o pagamento — para entender o que aconteceu.

Os canais telefônicos dessa central estão listados a seguir.

  • 4004-0001 (apenas para capitais)
  • 0800 729 0001 (para outras localidades)
  • 0800 729 0088 (telefone exclusivo para deficientes físicos)

E pode ser necessário ao contribuinte comparecer a uma agência física do BB para solucionar a questão.

De qualquer forma, a recomendação de especialistas é não contar com o dinheiro para emergências enquanto o status do IR não for atualizado para algo que indique a possibilidade de sacar a restituição.

Se você não quiser esperar o novo prazo para receber um valor seu por direito, uma ótima opção é pedir a antecipação da restituição do IR por meio de uma plataforma online especializada no assunto, que garante o dinheiro na conta em até 48 horas.

O seu bolso agradece e o Leão dorme tranquilo. Tudo devido ao seu dever do ano fiscal cumprido!

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar consulte Mais informação

Jornal Contábil