Como o trabalhador pode converter o período de serviço público para o INSS?

A aposentadoria é uma grande meta de boa parte dos trabalhadores brasileiros, pois com ela as pessoas podem assegurar uma certa estabilidade financeira na terceira idade. 

Com relação a esse benefício surgem várias dúvidas, uma delas acontece quando o trabalhador quer averbar o tempo de serviço público para o INSS . 

Fique por dentro desse assunto no artigo que preparamos.

Como usar o período de recolhimento como servidor público para o INSS?

O profissional pode converter o tempo de serviço público junto ao Regime Geral, assim serão somados os períodos de contribuição nos dois regimes previdenciários para que a aposentadoria seja concedida. 

É importante destacar, que o período de contribuição como servidor público e o período de recolhimento como filiado do INSS não podem ser concomitantes. Além disso,existe a chance de o trabalhador solicitar mais de uma aposentadoria.

Como o servidor público pode requerer o tempo de contribuição?

O tempo de recolhimento do servidor público deve ser solicitado junto ao órgão público, através da Certidão do Tempo de Contribuição. Esse documento contém todo tempo em que o profissional trabalhou como servidor público.

O documento deve ser convertido junto ao INSS, assim os períodos de recolhimentos nos dois regimes (Próprio e Geral) serão somados.

Vale lembrar, que os profissionais que trabalham na iniciativa privada e na iniciativa pública, contribuem para dois regimes distintos (RGPS e RPPS). Nesse caso, existem duas opções: solicitar  a emissão da Certidão do Tempo de Contribuição (CTC) para usar no o regime previdenciário pretendido, ou cumprir o período  estipulado em cada regime previdenciário para ter acesso a  duas aposentadorias.

Como podemos definir a Certidão de Tempo de Contribuição (CTC)?

É um documento direcionado aos trabalhadores que querem somar o período de contribuição em outro regime de previdência.

A CTC tem a finalidade de somar os recolhimentos realizados no Regime Geral de Previdência Social (RGPS) e no Regime Próprio de Previdência Social (RPPS) ou vice-versa.

Com a CTC o trabalhador pode conseguir o aumento do valor da aposentadoria e a redução do tempo de contribuição.

Como o segurado pode utilizar o período de recolhimento junto ao INSS no serviço público?

O trabalhador pode usar o período de recolhimento junto ao INSS no Regime Próprio de Previdência Social, assim a aposentadoria no serviço público é adiantada. Fazendo isso, o segurado ganha o mesmo tempo que recolheu para o INSS.

Dica Extra do Jornal Contábil: Compreenda e realize os procedimentos do INSS para usufruir dos benefícios da previdência social. 

Já pensou você saber tudo sobre o INSS desde os afastamentos até a solicitação da aposentadoria, e o melhor, tudo isso em apenas um final de semana? Uma alternativa rápida e eficaz é o curso INSS na prática

Trata-se de um curso rápido, porém completo e detalhado com tudo que você precisa saber para dominar as regras do INSS, procedimentos e normas de como levantar informações e solicitar benefícios para você ou qualquer pessoa que precise. 

Não perca tempo, clique aqui e domine tudo sobre o INSS.

Comentários estão fechados.