Contabilidade: mercado de trabalho, oportunidades, salários e dicas

A contabilidade registra uma das maiores taxas de empregabilidade do Brasil. Entenda mais sobre esse mercado de trabalho e suas nuances

Compartilhe
PUBLICIDADE

Atualmente, contadores são figuras essenciais em funções que vão do planejamento tributário à abertura, encerramento e gestão fiscal e financeira, das grandes corporações (que contam com departamentos inteiros dedicados ao tema e assessorias de gigantes do setor) às pequenas e médias empresas. 

Essas últimas, por sua vez, trabalham, na maioria dos casos, com margens apertadas, necessitando de um bom planejamento das contas.

O papel do contador é orientar a empresa na tomada de decisões estratégicas que envolvam custos, investimentos, tributos, ampliação ou redução da estrutura. Quando o mercado está favorável, sua presença é importante para orientar a expansão. Quando os tempos estão difíceis, o contador ajuda analisando os riscos e os investimentos necessários para que a organização se mantenha competitiva.

Não é à toa que a contabilidade registra uma das maiores taxas de empregabilidade do Brasil: 93,8%, segundo o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea). Dessa forma, como consequência, o curso de Ciências Contábeis está entre os que têm mais alunos matriculados no País.

Oportunidades para profissionais contábeis

Empresas que atuam no setor de infraestrutura, serviços e agronegócios são as que possivelmente vão liderar as contratações de profissionais que atuam nas áreas da contabilidade. Isso porque esses setores tendem a receber maior subsídio por parte do novo governo.

Além disso, esses setores possuem clientes importantes e em grande quantidade não somente no mercado interno, mas também no externo. Assim, esses setores necessitarão de profissionais com visão estratégica para consolidar as transações financeiras com segurança.

Leia também: Como Funciona O Processo De Fiscalização Da Profissão Contábil?

 Mercado de trabalho para contadores

De uns anos para cá a contabilidade ampliou bastante o seu alcance. O mercado de trabalho está favorável para quem pensa em abrir seu próprio negócio, assessorar a abertura de pequenas e micro empresas ou é especializado em algumas áreas da profissão. Afinal, por lei, cada novo empreendimento deve contratar os serviços de um contador.

Embora a concorrência na área seja alta, com mais de 300 mil profissionais em atuação e outros 350 mil que devem ingressar no mercado nos próximos anos, especialistas afirmam que ainda falta qualificação no mercado, principalmente em auditoria, análise financeira, contabilidade e finanças corporativas.

Assim, segundo uma pesquisa da consultoria Robert Half para o setor de Finanças e Contabilidade, as maiores demandas por contadores devem aparecer nas seguintes áreas:

  • Gerência financeira
  • Controladoria
  • Análise de tesouraria
  • Auditoria
  • Análise contábil e fiscal

As áreas que mais têm contratado são as de serviços, tecnologia, varejo de luxo e comércio exterior.

Em empresas de grande porte, os diretores financeiros, controladores, gerentes contábeis, gerentes financeiros, gerentes de finanças corporativas e gerentes de tesouraria têm os maiores salários.

Outros dois campos que também têm crescido bastante são o de auditoria fiscal e o de consultoria.

A perícia contábil também está em alta. Esta atividade é desempenhada por contadores altamente especializados, capazes de identificar fraudes, desvios ou má utilização de recursos em empresas, órgãos públicos e instituições em geral.

escritorio de contabilidade9

Quanto ganha um contador?

Segundo a Tabela de Salários do Brasil, elaborada pela consultoria Robert Half e publicada pela revista Exame, a média salarial de cargos ocupados por contadores com até dois anos de experiência, de acordo com porte da empresa, é:

Empresas de pequeno e médio porte (faturamento anual de até R$ 500 milhões):

  • Analista Financeiro: R$ 2.500 a R$ 3.500
  • Analista Contábil/Fiscal: R$ 2.600 a R$ 3.500
  • Coordenador Contábil/Fiscal/Contador: R$ 6.100 a R$ 11.000
  • Coordenador Financeiro: R$ 6.100 a R$ 10.000
  • Gerente Contábil: R$ 10.000 a R$ 16.000
  • Controller: R$ 10.000 a 25.000
  • Diretor Financeiro/CFO: R$ 18.000 a R$ 40.000

Empresas de grande porte (faturamento anual acima de R$ 500 milhões):

  • Analista Financeiro: R$ 3.500 a R$ 4.000
  • Analista de Planejamento/Controladoria: R$ 6.800 a R$ 10.000
  • Analista Contábil/Fiscal: R$ 4.500 a R$ 6.500
  • Coordenador Contábil/Fiscal/Contador: R$ 8.100 a R$ 14.000
  • Coordenador Financeiro: R$ 8.100 a R$ 13.000
  • Gerente Contábil: R$ 12.100 a R$ 26.000
  • Controller: R$ 18.200 a R$ 35.000
  • Diretor Financeiro/CFO: R$ 30.200 a R$ 75.000

O levantamento do site de empregos Catho apresenta a média salarial nacional de uma série de cargos ocupados por contadores. Assim, segundo a pesquisa, o salário médio de um contador no Brasil, para diferentes posições, é de:

  • Estágio em Ciências Contábeis: R$ 950
  • Trainee em Ciências Contábeis: R$ 980
  • Auditor Contábil: R$ 3.109
  • Analista Contábil: R$ 2.942
  • Contador: R$ 4.612
  • Supervisor Contábil: R$ 5.300
  • Especialista Contábil: R$ 5.059
  • Contador Gerencial: R$ 6.411
  • Coordenador Contábil: R$ 5.840
  • Gerente de Contabilidade: R$ 9.046

Dicas para se dar bem no mercado de contabilidade

  • Desenvolva habilidades de comunicação e gestão de pessoas. A crescente importância da Contabilidade nas empresas exige dos profissionais um perfil mais dinâmico e integrado à estrutura organizacional.
  • Em seguida, invista em cursos de especialização. Nesta área, quanto mais conhecimento diferenciado, melhor. O mercado está carente de profissionais bem qualificados.
  • Por fim, uma última dica é que contadores com habilidade em gerenciamento de crises são disputadíssimos no mercado de trabalho.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar consulte Mais informação