Contratações de terceirizados e temporários para área financeira cresce!

Fusões e aquisições, abertura de capital e calendário do varejo impactaram em novas contratações

A demanda por profissionais terceiros e temporários na área financeira está em alta. De acordo com a Page Interim, divisão do PageGroup dedicada à contratação de profissionais para posições temporárias e terceiras, as contratações para esses perfis avançaram 15% no primeiro semestre frente ao mesmo período do ano anterior. O crescimento foi provocado por uma maior demanda de profissionais da área de Finanças em processos de fusões e aquisições, de abertura de capital e pela sazonalidade do varejo.

Os cargos mais demandados no setor para o período foram o de analista contábil (25%), seguido por analista fiscal (20%) e analista de tesouraria (20%). Para Victoria Quintella, diretora da Page Interim, os dados indicam um esforço de planejamento e organização das empresas em operações altamente sensíveis e estratégicas.

“Cargos como o de analista contábil são fundamentais para, além das rotinas de controle de pagamentos e balanços, auxiliarem na organização de dados para uma auditoria. No setor fiscal, também vemos essa intenção de ‘arrumar a casa’, com um olhar atento às mudanças em tributos e garantir que a operação esteja de acordo com o que é exigido pela lei. Na tesouraria, os profissionais têm sido buscados por sua capacidade de uma relação eficiente com bancos para observar as melhores oportunidades de captar recursos e negociar dívidas, por exemplo”.

Ainda segundo Victoria, a remuneração pode chegar a R$ 9 mil ou R$ 10 mil para esses profissionais, considerando o nível de experiência, e serve como uma boa oportunidade de atuar em projetos com visibilidade no mercado. “O terceiro ou temporário de hoje pode ser o efetivo de amanhã. O profissional precisa estar atento a essas oportunidades e mostrar como pode ser mais útil em projetos futuros”

Veja abaixo a descrição dos três principais cargos de finanças para profissionais temporários e terceiros, considerando os níveis de experiência júnior a sênior.

Analista Contábil

O que faz? Garante os registros contábeis de provisões, aplicações financeiras, despesas administrativas e demais itens patrimoniais; controla provisões das áreas financeira e administrativa, do ativo fixo, dos pagamentos das faturas, dos processos de importação; elabora fluxo de caixa e controle de numerários entre bancos, fechamentos contábeis periódicos; auxilia em auditorias, demonstrações financeiras e dá apoio às gerências.

Média salarial: R$ 3,5 mil a R$ 9 mil;

Por que é importante? O profissional vai ajudar nas rotinas de controle de pagamentos e ativos da empresa e oferecer um suporte valioso nos processos de auditoria em casos de possíveis fusões e aquisições.

Analista Fiscal

O que faz? Acompanha atualizações na legislação tributária; apuração dos impostos; elaboração e entrega de obrigações acessórias; conferência de documentação fiscal, lançamentos fiscais de entradas e saídas, emissão de notas fiscais de devolução, remessa para conserto e industrialização; assessoria na apuração e registro do lucro tributável; assessoria no registro contábil das provisões tributárias;

Média salarial: R$ 3,5 mil a R$ 9 mil;

Por que é importante? Além controlar e acompanhar atividades fiscais, o analista pode estudar a melhor forma de organização empresarial de forma a dar eficiência tributária ao negócio.

Analista de tesouraria

O que faz? Gestão e projeção do fluxo de caixa; relação bancária: captação de recursos (analisar a melhor forma de melhorar a liquidez de dinheiro na empresa); crédito bancário (público ou privado), operações estruturadas de CRA e CRI, operações junto ao BNDES (mais complexas, precisando de mais justificativas), operações de consórcio, operações imobiliárias e antecipação e descontos de aplicações de recursos financeiros (aplicações dos valores de sobras); CDB, Tesouro Direto, LCI, LCA, compromissadas, fundos de investimentos; negociação de dívidas, negociação de hedge com os bancos;

Média salarial: R$ 4 mil a R$ 10 mil;
Por que é importante? Além de garantir a gestão do fluxo de caixa, o analista pode ajudar em decisões estratégicas do negócio com a elaboração de relatórios, além de zelar pelas negociações com bancos.

Parte do PageGroup, a Page Interim é dedicada à contratação de profissionais para posições temporárias e terceiras.

Dica Extra: Já imaginou aprender 10 anos de Prática Contábil em poucas semanas?

Conheça um dos programas mais completos do mercado que vai te ensinar tudo que um contador precisa saber no seu dia a dia contábil, como: Rotinas Fiscais, Abertura, Alteração e Encerramento de empresas, tudo sobre Imposto de Renda, MEIs, Simples Nacional, Lucro Presumido, enfim, TUDO que você precisa saber para se tornar um Profissional Contábil Qualificado.

Se você precisa de Prática Contábil, clique aqui e entenda como aprender tudo isso e se tornar um verdadeiro profissional contábil.

Comentários estão fechados.