EBITDA: qual sua função e como realizar seu cálculo?

EBITDA é importante para avaliar a saúde financeira de uma empresa

Compartilhe
PUBLICIDADE

Um dos indicadores financeiros que podem ser usados para avaliar o desempenho de uma empresa é o EBITDA. Embora seja um termo comum no mercado financeiro, muitas pessoas podem não estar familiarizadas com o que representa e como é calculado.

Trata-se de uma métrica de uso muito contínuo para avaliar empresas na Bolsa de Valores. Ele informa o lucro da companhia antes dos descontos com impostos, juros, amortização e depreciação.

No entanto, muitas pessoas ainda não entendem o que é o EBITDA. 

Neste artigo, vamos explicar o que é o EBITDA. pra que serve, seu cálculo e particularidades. Acompanhe!

Leia também: Ebitda: Entenda O Cálculo Desse Indicador E O Compliance Fiscal

O que é EBITDA?

EBITDA (em inglês significa “Earnings before interest, taxes, depreciation and amortization”). Em português, também pode se chamar como Lajida, tradução da sigla “Lucros antes de juros, impostos, depreciação e amortização”. Trata-se de um indicador financeiro bastante utilizado para avaliar empresas listadas no mercado de bolsa de valores.

Ele informa o lucro de uma companhia antes de descontar o que a empresa gastou em juros e impostos, e perdeu em depreciação e amortização.

E assim como os outros indicadores financeiros, o EBITDA é utilizado como forma de avaliar a capacidade de geração de valor de uma companhia. Esse tipo de análise é fundamental porque mostra, por exemplo, a evolução de um resultado operacional ao longo do tempo.

Como calcular o EBITDA?

Calcula-se o EBITDA com base nas informações contábeis da empresa. Primeiro, você deve calcular o lucro líquido da empresa. Em seguida, adicione juros, impostos, amortização e depreciação para obter o EBITDA.

Para o cálculo do EBITDA é necessário saber primeiramente qual o lucro operacional da empresa, ou seja o lucro gerado pela receita operacional líquida (descontando qualquer movimentação financeira e pagamento de impostos sobre o lucro. 

Nesse caso para chegar ao valor do lucro operacional basta aplicar o seguinte cálculo:

Lucro operacional = receita operacional líquida – despesas operacionais

Agora com o resultado do lucro operacional em mãos, a fórmula para chegar ao resultado do EBITDA é a seguinte: 

EBITDA = Lucro Operacional líquido + Depreciação + Amortização

Vamos dar um exemplo:

Uma determinada empresa “X” apresenta uma receita de R $250.000 e um EBITDA de R$50.000. O cálculo consiste em dividir o EBITDA pela receita líquida ou seja: 

Margem EBITDA= R$50.000 / R$ 250.000 = 0,2 

Leia também: EBITDA: Aprenda Como Realizar O Cálculo E Sua Importância

Como analisar o EBITDA de uma empresa?

Um EBITDA positivo por exemplo, pode sim indicar que sua empresa está saudável e com produtos e serviços em uma boa margem de vendas.

O que acontece na prática é que, quando o valor do EBITDA aumenta, é sinal de que a empresa tem boa produtividade e eficiência. Por outro lado, quando o valor diminui, é preciso ficar atento, pois a empresa não está crescendo.

Todavia, a análise do EBITDA deve se associar a outros indicadores para uma avaliação mais precisa. Informações como lucro líquido, endividamento, lucro por ação, evolução do faturamento também são fundamentais.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar consulte Mais informação