Fique sabendo! Como fazer uma assinatura digital?

Gov.br oferece assinatura digital para os cidadãos brasileiro, de forma rápida e gratuita.

Compartilhe
PUBLICIDADE

Para quem começará o ano de 2024 assumindo novos compromissos e precisa assinar documentos, uma ferramenta on-line permite fazer a assinatura de maneira oficial, com a mesma validade de um documento físico e, o melhor, sem gastar nada.

A função está disponível desde abril de 2020 pela plataforma Gov.br, é regulamentada pelo decreto número 10.543, de 13 de novembro de 2020, e permite ser usada entre pessoas e instituições privadas com os serviços públicos e entre os próprios órgãos e entidades públicas.

Desde a implantação, a Assinatura Eletrônica GOV.BR vem crescendo constantemente ano após ano, começando com cerca de 60 mil assinaturas no ano de criação, aumentando para 3,7 milhões em 2021 e atingindo 17 milhões no ano passado.

Leia também: O Papel Da Assinatura Digital No Futuro Da Transformação Digital

Agora, em 2023, já ultrapassou a marca de 28,5 milhões. Registrando mais de 50 milhões de assinaturas realizadas por cidadãos brasileiros desde o seu lançamento.

Como faço para ter uma assinatura eletrônica?

Para utilizar o serviço da assinatura digital, é preciso ter uma conta na plataforma do Gov.br ao nível prata ou ouro.

Se você ainda não tiver login Gov.br, faça seu cadastro gratuito no site ou pelo aplicativo Gov.br (Google Play e App Store).

Leia também: Assinatura Digital: Como Ela Otimiza A Abertura De Uma Empresa?

Para obter o selo prata ou ouro, a conta precisa ser validada. Isso pode ser feito através de biometria facial realizada ativando a câmera do celular ao abrir o aplicativo gov.br; ou através dos dados de cadastro em bancos credenciados (Banco do Brasil, Caixa, Banrisul, BRB, Bradesco, Sicoob, Santander, Itaú e Agibank); ou certificado digital.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar consulte Mais informação