INSS irá cancelar benefícios nos próximos 150 dias

Quem recebe valores intermediados pelo INSS, deve estar atento a um possível cancelamento do benefício, que pode ocorrer em até 150 dias. 

Compartilhe
PUBLICIDADE

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) é responsável pelo pagamento de diversos benefícios como aposentadorias, auxílios e pensões E cada um destes proventos possuem certas regras de concessão. Contudo, não basta se enquadrar nos requisitos para receber o benefício, tendo em vista que a autarquia verifica com uma certa frequência se o segurado ainda atende aos critérios de elegibilidade, em caso de negativa, os repasses mensais serão cessados. 

Conforme informações do instituto, nos próximos 150 dias a autarquia estabeleceu um programa de revisão de benefícios que podem estar sendo pagos de maneira indevida. Sendo assim, caso seja encontrada alguma irregularidade na manutenção dos recursos, o provento será cancelado. 

Em suma, a rotina de cancelamentos deve-se, em grande parte, ao relevante contingente de benefícios indevidos repassados a segurados que já faleceram. Segundo o Tribunal de Contas da União (TCU), considerando apenas segurados falecidos em 2021, há cerca de 8,5 mil benefícios que estão sendo concedidos desta maneira irregular. 

Diante disso, o TCU determinou que o INSS deve implementar o manual do Sistema de Pagamento de Benefícios (Sispagben), que basicamente busca auxiliar quanto à resolução de problemas ligados aos repasses indevidos ainda realizados pela autarquia. Atualmente, o instituto contempla mais de 36 milhões de segurados. 

Benefícios do INSS

Quando falamos nos pagamentos do INSS, é comum pensar na aposentadoria, até porque o benefício certamente está entre um dos mais populares da autarquia, Por sua vez, a autarquia cobre outros diversos benefícios aos segurados,, veja uma lista completa: 

  • Aposentadoria por invalidez;
  • Aposentadoria por Idade Rural;
  • Aposentadoria por Idade Urbana;
  • Aposentadoria por tempo de contribuição do professor;
  • Aposentadoria por Tempo de Contribuição (exclusiva a segurados incluídos na regra de transição);
  • Aposentadoria da Pessoa com Deficiência por Idade;
  • Aposentadoria da Pessoa com Deficiência por Tempo de Contribuição;
  • Aposentadoria especial por tempo de contribuição; 
  • Auxílio-Acidente;
  • Auxílio-doença acidentário;
  • Auxílio-doença comum;
  • Auxílio-Reclusão Rural;
  • Auxílio-Reclusão Urbano;
  • Pensão por Morte;
  • Pensão por Morte Rural;
  • Pensão especial por hanseníase;
  • Pensão especial destinada a crianças com Síndrome Congênita do Zika Vírus;
  • Pensão especial da síndrome da Talidomida.
  • Seguro-defeso; 
  • Salário-maternidade; 
  • Salário-família; 
  • Benefício de Prestação Continuada (BPC/Loas);
  • Benefício para os trabalhadores portuários avulsos. 

O que pode cancelar o seu benefício?

Somente em 2021, o INSS cancelou cerca de 5,2 milhões de benefícios, ou seja, é essencial estar atento às razões pelas quais os pagamentos podem ser interrompidos pela autarquia, de modo a garantir a manutenção da renda mensal. 

Atualmente, diversos motivos podem ocasionar a suspensão ou o cancelamento de um benefício, entretanto, separamos aqui, ao menos, 7  das causas mais comuns que levam a cessação dos repasses do INSS. Confira: 

  1. Não movimentar os recursos do INSS por dois meses (60 dias completos). Neste caso, o instituto entende que o segurado “não precisa” do dinheiro e suspende os pagamentos; 
  2. Estar com os dados informados ao Cadúnico desatualizados (no caso de benefícios assistenciais como o BPC/Loas);  
  3. Não comparecer na data, local e hora marcada da perícia médica (salvo em ocasiões justificadas). A realização do procedimento é obrigatória em benefícios por incapacidade ou deficiência; 
  4. Quando o período de duração da pensão por morte chega ao fim. Nem sempre o benefício será vitalício; 
  5. Continuar atuando em atividades nocivas a saúde após o recebimento da aposentadoria especial; 
  6. Em casos de fraude na concessão ou manutenção do benefício; 
  7. Acúmulo de duas pensões. Não é possível receber dois benefícios desta natureza ao mesmo tempo, logo, um deles será cancelado.

Dica Extra do Jornal Contábil: Compreenda e realize os procedimentos do INSS para usufruir dos benefícios da previdência social. 

Já pensou você saber tudo sobre o INSS desde os afastamentos até a solicitação da aposentadoria, e o melhor, tudo isso em apenas um final de semana? Uma alternativa rápida e eficaz é o curso INSS na prática

Trata-se de um curso rápido, porém completo e detalhado com tudo que você precisa saber para dominar as regras do INSS, procedimentos e normas de como levantar informações e solicitar benefícios para você ou qualquer pessoa que precise. 

Não perca tempo, clique aqui e domine tudo sobre o INSS.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar consulte Mais informação