INSS libera novas regras da aposentadoria para 2024

Em 2024 algumas regras da aposentadoria vão mudar, logo, é importante descobrir o que vem pela frente para se planejar

Compartilhe
PUBLICIDADE

A garantia de uma aposentadoria tranquila e segura é um tema que ocupa os pensamentos de muitos brasileiros, sejam eles jovens em fase de planejamento ou aqueles já próximos de conquistar este marco na trajetória profissional. A aposentadoria vinculada ao INSS é um pilar fundamental nesse processo.

Contudo, é vital lembrar que, em 2019, o cenário previdenciário sofreu alterações significativas com a Reforma da Previdência. Essa reformulação trouxe novidades em relação às diretrizes dos benefícios, que ainda são sentidas e continuarão a influenciar as futuras concessões.

Dessa forma, manter-se informado é primordial para navegar por esse universo de direitos e deveres. Com esse propósito, vamos explorar neste texto os destaques e nuances das diretrizes de aposentadoria estabelecidas para 2024, preparando você para as demandas e especificidades do próximo ano.

Leia também | Teto De Juros Do Consignado Do INSS Vai Cair!

Aposentadoria por idade em 2024

A aquisição do direito à aposentadoria por idade está atrelada a critérios específicos, que incluem a alcançar uma faixa etária determinada e um período mínimo de contribuições ao sistema previdenciário.

Referente à modalidade de aposentadoria por idade, após uma série de ajustes nos anos anteriores, estabeleceu-se uma alteração conclusiva em 2023, indicando que não haverá novas modificações em 2024.

Assim, os requisitos para a obtenção da aposentadoria a partir de 2024 são claros: os homens devem ter atingido a idade mínima de 65 anos e as mulheres, 62 anos. Ademais, é imperativo que ambos os sexos tenham contribuído por um período de, no mínimo, 180 meses (equivalentes a 15 anos) ao INSS, garantindo assim a elegibilidade ao benefício.

Aposentadoria por pontos em 2024

Esta modalidade de aposentadoria possui uma característica distintiva, pois sua concessão depende de uma pontuação específica, resultante da soma da idade do contribuinte com seus anos de contribuição ao sistema previdenciário.

Em 2023, para ter acesso a este benefício, os homens necessitam alcançar um total de 100 pontos, enquanto as mulheres precisam somar 90 pontos. Contudo, para 2024, a exigência aumenta ligeiramente: os homens deverão acumular 101 pontos e as mulheres, 91.

Para ilustrar melhor, consideremos um cenário hipotético: uma mulher que, em 2024, celebrará seus 61 anos e atingirá 30 anos de contribuição ao INSS. Neste caso, a soma referente à sua situação seria de 61 (idade) mais 30 (anos de contribuição), totalizando 91 pontos. Assim, ela satisfaria os requisitos para obter a aposentadoria pela regra de pontos no ano de 2024.

Aposentadoria por tempo de contribuição em 2024

A aposentadoria por tempo de contribuição apresenta-se como uma alternativa para indivíduos que cumprem o período de contribuição necessário, porém ainda não alcançaram a faixa etária estipulada para outras categorias de aposentadoria.

Para o ano de 2024, novos critérios serão aplicados para assegurar a elegibilidade para este benefício:

  • Homens: deverão possuir no mínimo 63 anos e 6 meses de vida, além de um histórico de 35 anos de contribuição;
  • Mulheres: necessitarão ter ao menos 58 anos e 6 meses de vida, com 30 anos de contribuição.

É crucial destacar que este tipo de benefício está passando por transformações progressivas por conta das regras de transição. Com isso, haverá um acréscimo anual de 6 meses na idade requerida para os beneficiários, até que se atinja, no ano de 2031, a idade mínima definitiva de 62 anos para mulheres e, em 2027, 65 anos para os homens.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar consulte Mais informação