INSS retoma atendimento presencial sem agendamento prévio

Em 2020, devido a pandemia de Covid-19, o atendimento presencial foi suspenso pelo Instituto, sendo retomado ainda no final daquele ano, mas para isso, passou a ser necessário fazer um agendamento prévio.

Compartilhe
PUBLICIDADE

O INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) publicou uma portaria no Diário Oficial da União (DOU), nesta quarta-feira (2), que determina que volte a acontecer o atendimento presencial, sem a necessidade de agendamento prévio.

Em 2020, devido a pandemia de Covid-19, o atendimento presencial foi suspenso pelo Instituto, sendo retomado ainda no final daquele ano, mas para isso, passou a ser necessário fazer um agendamento prévio.

De acordo com a portaria publicada nesta quarta-feira, além dos atendimentos já agendados, o INSS também fará o atendimento chamado de espontâneo, realizado na triagem, no autoatendimento orientado ou em guichê específico nos casos em que o segurado necessitar de informação ou orientação. O INSS informou que o retorno do atendimento presencial será de forma gradual para que não haja filas extensas ou sejam provocadas aglomerações no interior das agências.

A portaria determina que seja retomado o atendimento de atividades de orientação sobre benefícios e serviços previdenciários, atendimentos por decisão judicial, para emissão de senha para a acesso à plataforma Gov.br, para acesso aos serviços ofertados pelo autoatendimento orientado (nas agências que participam do Projeto do Novo Modelo de Atendimento).

No entanto, continuará tendo prioridade o atendimento ao idoso maior de 80 anos, previsto em lei.

Também o texto diz que o número de telefone 135 do INSS deverá agendar serviços como “Atendimento Simplificado” de baixa complexibilidade e “Atendimento Específico”, de alta complexibilidade. Este serviço também poderá ser realizado na própria agência.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar consulte Mais informação